Rio de Janeiro

Pesquisa para governador do RJ: Castro tem 26%; Freixo, 23%

Pesquisa TV Record/RealTime Big Data sobre as intenções de voto para o governo do Rio de Janeiro, divulgada nesta quarta-feira (29), mostra o atual governador Cláudio Castro (PL) com 26%, seguido pelo deputado federal Marcelo Freixo (PSB), com 23%. Como a margem de erro é de três pontos percentuais, eles estão tecnicamente empatados. O primeiro turno está marcado para 2 de outubro. Na sequência do cenário com mais nomes, aparecem o ex-prefeito de Niterói Rodrigo Neves (PDT), com 10%; e o ex-deputado federal Cyro Garcia, com 2%. Paulo Ganime (Novo), Felipe Santa Cruz (PSD) e Eduardo Serra (PCB) têm 1%. Emir Laranjeira (PMB) não pontuou. Os que pretendem votar nulo ou em branco somam 14%. Os indecisos representam 22%. A pesquisa também simulou cenários de segundo turno. Na disputa entre Castro e Freixo, o atual governador venceria por 37% a 30%. Votos brancos e nulos somam 25%, e 8% se disseram indecisos. O levantamento ouviu 1.500 pessoas por telefone entre 27 e 28 de junho. A margem...
Leia mais

Justiça determina volta de Monique à prisão

A professora Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, deverá voltar para o regime prisional fechado. A decisão foi divulgada nesta terça-feira (28), proferida pela 7ª Câmara Criminal. Os desembargadores acolheram recurso do Ministério Público contra decisão de primeira instância que havia determinado que Monique fosse transferida para endereço não conhecido em razão de supostas ameaças recebidas no presídio. Por medida de segurança, Monique será transferida para um batalhão prisional, até que sejam apuradas as ameaças que teriam sido feitas por outras presas. Para o desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, relator do processo, o fato de ela estar em local sigiloso faz com que não possa haver fiscalização pelo Ministério Público, assim como dificulta que o Estado possa assegurar sua integridade. O magistrado destacou ainda haver o que classificou como uma “quimera jurídica” no caso, por não poder se confundir prisão domiciliar com monitoração eletrônica, em uma situação tida como híbrida. Ele analisou ainda que, na decisão de primeira instância, foi...
Leia mais

Orgulho LGBTQIA+: diversos eventos celebram o dia no Rio de Janeiro

Para celebrar o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, a cidade do Rio de Janeiro recebe hoje (28) diversos eventos, que vão desde iluminação de monumento, conscientização sobre o tema da diversidade sexual, mutirão de requalificação civil para pessoas trans e festival de música com entrada gratuita no Porto Maravilha. O dia 28 de junho relembra a Revolta de Stonewall, ocorrida em 1969, em Nova York, nos Estados Unidos, quando pessoas que frequentavam o bar Stonewall Inn, conhecido ponto de encontro para a população LGBTQIA+ e outras pessoas em situação de vulnerabilidade, lutaram contra as agressões, a repressão e a violência policial que sofriam, na época em que a homossexualidade ainda era considerada crime em muitos lugares. Festival Começa hoje o TriboQ Pride Festival, com seis dias de programação multiartística, audiovisual, sensibilização, empreendedorismo e empregabilidade na região do Porto Maravilha. O Palco Vera Verão recebe shows na Praça Mauá de sexta-feira (1) a domingo (3), como Rebecca, Majur, Maria Gadu, Lia Clark, Kibba, TriboQ e Ju Moraes. O Palco MAR, no Museu de Arte do Rio, terá pocket...
Leia mais

Polícia Federal prende três acusados de uso de dinheiro falso no Rio

Policiais federais fazem hoje (28) uma operação contra organização criminosa especializada no uso de dinheiro falso em Niterói, no Grande Rio. Os agentes cumpriram três mandados de prisão preventiva e três de busca e apreensão contra acusados de colocar em circulação grande quantidade de notas falsas. Segundo a Polícia Federal (PF), os alvos da ação de hoje são ligados a outros dois homens que já estão presos. Através do cruzamento de dados de inteligência e diligências nas ruas, os policiais identificaram os três acusados. Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara Federal de Niterói. Os presos foram encaminhados à Delegacia da PF no município e, depois, serão levados ao sistema prisional. Falsificar dinheiro é crime previsto no Código Penal e pode render uma pena de 12 anos de prisão, de acordo com a Polícia Federal. Os nomes dos envolvidos não foram revelados. ...
Leia mais

Rio registra queda de 21% no número de homicídios dolosos em maio

O estado do Rio de Janeiro tem registrado queda nos crimes contra a vida este ano. Segundo o Instituto de Segurança Pública (ISP), em maio, com 210 vítimas, o número de homicídios dolosos caiu 21% na comparação com o mesmo mês de 2021. No acumulado do ano, foram 1.248 vítimas, uma diminuição de 17% na comparação com o ano passado. De acordo com o ISP, esses foram os menores números já registrados desde 1991. Os dados relativos a maio foram divulgados hoje. A letalidade violenta, que inclui homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, roubo seguido de morte e morte por intervenção de agente do estado, reduziu 9% em maio de 2022 e 20% no acumulado do ano. Foram 1.830 vítimas nos primeiros cinco meses de 2022 e 354 em maio. As mortes por intervenção de agente do estado diminuíram 22% nos cinco primeiros meses deste ano, segundo o ISP.  Porém, os dados consolidados de maio ainda não foram disponibilizados. De janeiro a maio de 2021, 709 pessoas foram mortas por agentes...
Leia mais

Leilão da Cedae: “O grande desafio agora é ver como se controla isso”, diz Paes

O prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse nesse sábado (25) que o sucesso da concessão dos serviços de distribuição de água e de saneamento dependerá da capacidade de atuação das agências reguladoras. Segundo ele, o leilão foi bem conduzido, mas a fase de implementação precisa ser bem fiscalizada. "Será o paraíso se cumprir as metas. Vamos ter as praias limpas, vamos ter as favelas com saneamento, vamos resgatar as lagoas e a Baía de Guanabara. É o que se deseja em uma cidade onde a questão ambiental representa um ativo econômico como é o caso do Rio de Janeiro", disse.  Por meio da concessão, os serviços de distribuição de água e saneamento na maioria dos municípios até então atendidos pela estatal Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) foi repassada à iniciativa privada. O modelo de concessão foi elaborado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os leilões ocorreram no ano...
Leia mais

Pesquisa: mais de 2,7 milhões de pessoas no estado do RJ não têm o que comer

Mais de 15% da população do estado do Rio de Janeiro não tem o que comer. O índice corresponde a cerca de 2,7 milhões de pessoas, um aumento de 400% em relação aos dados de 2018. O número representa 8,1% da população brasileira que não possui alimento em casa. Os dados foram divulgados nessa quinta-feira (23) pela Ação Cidadania, como parte da pesquisa da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PENSSAN), com dados coletados entre novembro de 2021 e abril de 2022. Ainda de acordo com o levantamento, 57% dos fluminenses, ou cerca de 10 milhões de pessoas, passam por algum tipo de deficiência na alimentação. As mulheres são as que mais sofrem com a fome no estado, principalmente as chefes de família: 38,6% destas estão com insegurança alimentar moderada ou grave, enquanto apenas 36,33% não possuem problemas com alimentação (segurança alimentar). Em relação aos chefes de família homens, 50,43% estão em segurança alimentar, enquanto 28,2% destes apresentam insegurança alimentar...
Leia mais

Justiça Federal bloqueia R$ 3,6 bilhões de Eike Batista

A Justiça Federal no Rio de Janeiro determinou o bloqueio de bens do empresário Eike Batista até o limite de R$ 3.622.491.046,40. A decisão da juíza Bianca Stamato Fernandes, da 5ª Vara Federal de Execução Fiscal do Rio de Janeiro, atende a pedido da Fazenda Nacional no processo de falência da MMX Mineração e Metálicos, empresa que atua na mineração de minério de ferro. A falência foi decretada em maio do ano passado. O valor definido corresponde à dívida da empresa, atualizada no início do mês. A defesa tem o prazo de 30 dias para recorrer. A decisão traz a data do dia 20, mas foi divulgada ontem (23). No ano passado, o empresário Eike Batista foi condenado a 11 anos de prisão por crimes contra o mercado financeiro. Ele já foi preso duas vezes em operações da Lava Jato por manipulação de bolsas de valores no Brasil, Canadá, Estados Unidos e Irlanda, além de uso de informação privilegiada para fraudar o mercado de capitais. ...
Leia mais

Receita e Anatel apreendem celulares do comércio irregular no Rio

Uma operação da Receita Federal e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) apreendeu hoje (23), no Rio de Janeiro, 102 telefones celulares vendidos irregularmente. Somados, os aparelhos valem R$ 200 mil. Segundo a Receita Federal, os telefones tinham indício de falsificação relacionada à certificação concedida pela Anatel, “e esse comércio irregular gera desemprego, sonegação de impostos e concorrência desleal à indústria e aos vendedores regularmente instalados”. A operação, batizada de Depois da Folia 4, é a quarta etapa da ação, que já apreendeu 700 telefones desde sua primeira incursão. O trabalho foi realizado pela Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal na 7ª Região Fiscal (RJ/ES) e pela Gerência Regional da Anatel do RJ. ...
Leia mais

Supervia, no Rio, é multada em R$ 1,3 milhão por problemas em 2021

O Procon Carioca informou hoje (22) que multou a concessionária de transporte ferroviário Supervia em R$ 1,362 milhão pela suspensão do serviço no ramal Japeri em 24, 30 e 31 de agosto do ano passado, e pela circulação de trens com horários irregulares em outros ramais. Segundo o órgão municipal, a concessionária suspendeu mais de 800 viagens em 2021, prejudicando a vida de milhões de usuários. "As interrupções de funcionamento das linhas trouxeram consequências danosas aos consumidores, que relataram dificuldades para embarcar em outros ramais da empresa devido à superlotação, já que a paralisação ocorreu em horário de pico, o que também colocou os passageiros em situação de maior risco de contágio do coronavírus", disse o Procon. Vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania, o órgão disse que a empresa atribui a suspensão ao furto de cabos e equipamentos de sinalização, o que a teria impossibilitado de prestar o seu serviço com a devida segurança. O Procon fez uma série de questionamentos...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e