Mundo

Arábia Saudita habilita 25 exportadores brasileiros de carne de frango

A Arábia Saudita habilitou 25 estabelecimentos brasileiros, localizados em distintas regiões do país, como exportadores de carne de frango para aquele país. A autorização é resultado de uma missão de especialistas sauditas que veio ao Brasil há três meses e visitou frigoríficos, fazendas e fábricas de ração. Os 25 estabelecimentos comerciais responderam, no ano passado, a 63% do volume das exportações brasileiras de carne de frango – porcentagem que correspondeu a 437 mil toneladas – para a Arábia Saudita. Na segunda-feira (21) o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) tomou conhecimento do relatório publicado pelo serviço sanitário da Arábia Saudita. De acordo com a assessoria de imprensa do Mapa, o relatório está sendo examinado para que os estabelecimentos sejam informados, em detalhes, sobre as recomendações encaminhadas pelos sauditas....
Leia mais

Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino

O Brasil e a Europa vão ser interligados por um novo cabo submarino de fibra ótica com capacidade de 40 terabytes (TB) por segundo, o que vai facilitar as comunicações telefônicas e de imagens entre diferentes pontos do território brasileiro e o continente europeu. A informação é do ministro-conselheiro para o mercado digital da representação da União Europeia no Brasil, Carlos Oliveira. Segundo ele, a União Europeia já disponibilizou US$ 30 milhões para o início da implantação do projeto. Porém, de acordo com o ministro-conselheiro o volume total a ser aplicado no cabo submarino ainda não está calculado porque depende de um detalhamento que vem sendo analisado por um consórcio de empresas, que inclui a brasileira Telebras. Ao final, um consórcio internacional de bancos vai financiar toda a operação. Atualmente o Brasil tem um cabo submarino que liga o território brasileiro à Europa, denominado Atlantis 2. Porém, esse cabo tem uma capacidade de apenas 20 gigabytes, muito distante de atender ao gigantesco...
Leia mais

Adriana Calcanhotto voltará a dar aulas na Universidade de Coimbra

A cantora Adriana Calcanhotto ministrará o curso "Como escrever canções" na Universidade de Coimbra, em Portugal, de 19 de março a 18 de maio deste ano. Embaixadora da instituição de ensino portuguesa desde 2015, a brasileira foi professora da Faculdade de Letras dessa mesma universidade nos dois últimos anos. A Universidade de Coimbra, a mais antiga de Portugal em atividade, é uma grande porta de entrada para estudantes brasileiros na Europa. Na carreira musical, Adriana Calcanhotto conquistou dois prêmios do Grammy Latino, nas categorias Melhor Álbum Infantil (2006), como Adriana Partimpim, e Melhor Canção em Língua Portuguesa (2010), pela composição de "Tua", interpretada por Maria Bethânia. EFE...
Leia mais

Parlamento pressiona premiê por acordo para saída britânica da UE

O líder do Partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, enviou uma carta à primeira-ministro, Theresa May, na qual afirma que propor a saída imediata do Reino Unido da União Europeia sem acordo é uma “ameaça” e pode ter um “resultado desastroso”. A reação ocorre no momento em que o governo negocia com partidos políticos alternativas para o Brexit, rejeitado há dois dias. “Estamos firmemente convencidos de que o ponto de partida para qualquer discussão sobre como quebrar o impasse de Brexit deve ser que descartar ameaça de um resultado desastroso de ‘nenhum acordo’", diz o texto. Segundo Corbyn, é uma posição compartilhada por todos os partidos da oposição, incluindo o Partido Democrático Unionista (DUP). Negociações Theresa May tem até segunda-feira (20) para apresentar o chamado “plano B”, a proposta alternativa à rejeitada, para fixar as regras para saída do Reino Unido da União Europeia. Na quarta-feira (16) a primeira-ministra, que sobreviveu à moção de desconfiança, depois de o Parlamento rejeitar sua proposta de deixar...
Leia mais

Coreia do Norte prepara enviado para negociar encontro com Trump

Um enviado do líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, deve ir aos Estados Unidos nos próximos dias para discutir os termos para a realização da segunda cúpula entre o norte-coreano e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O designado para a missão é o vice-presidente do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte, Kim Yong Chol. Ele seguiu para Pequim, na China, para definir detalhes da conversa que terá nos Estados Unidos. Kim Yong Chol foi encarregado de manter conversas de alto nível com integrantes do governo norte-americano, inclusive o Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo. No ano passado, às vésperas do encontro entre Trump e Jong Un, o vice-presidente norte-coreano foi aos Estados Unidos. Ele que entregou uma carta do líder norte-coreano ao presidente dos Estados Unidos. Em discussão o desafio de reduzir as diferenças entre as Coreias do Norte e Sul, além de adotar medidas para a desnuclearização da Península Coreana. A Coreia do Norte também quer negociar um tratado de...
Leia mais

Pobreza afeta 184 milhões de latino-americanos

A pobreza afeta 184 milhões de latino-americanos, dos quais 62 milhões, o equivalente a 10,2% da população da região, se encontram em situação de pobreza extrema, informou na terça-feira (15) em Santiago a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal). Em seu relatório "Panorama Social da América Latina 2018", com dados de dezembro do ano anterior, a Cepal disse que a proporção de pobres (30,2%) se manteve estável em 2017, mas que o número de pessoas em extrema pobreza continuou aumentando, prolongando-se uma tendência observada desde 2015 na região. Os 10,2% de latino-americanos vivendo em pobreza extrema constituem a porcentagem mais alta registrada desde 2008, advertiu o órgão da ONU, que em um relatório publicado em fevereiro de 2018 estimou em 632 milhões de habitantes a população da América Latina e em 645,5 milhões com a inclusão do Caribe. A Cepal, segundo o texto, projetou uma queda no índice de pobreza para 29,6% da população, o equivalente a...
Leia mais

Kirsten Gillibrand anuncia que se candidatará às eleições dos EUA em 2020

A senadora democrata Kirsten Gillibrand anunciou na terça-feira (15) que se candidatará às eleições presidenciais dos Estados Unidos de 2020, declaração feita durante uma entrevista na qual disse que lutará pelos direitos das crianças. "Vou ser candidata à presidência dos Estados Unidos porque, como mulher jovem que sou, vou lutar pelos filhos dos demais como lutaria pelos meus familiares", disse a senadora de Nova York, de 52 anos, no "Late Show With Stephen Colbert". Gillibrand, que tornou uma das maiores críticas do atual presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou também que está formando um comitê para arrecadar dinheiro e viajar por todo o país com a sua campanha eleitoral, o que começará a fazer neste fim de semana com uma viagem ao estado de Iowa. A senadora votou contra praticamente todas as indicações importantes de Trump, e falou da necessidade de restaurar a "direção moral" do país. Advogada de carreira, Gillibrand recebeu críticas de outros políticos que a acusam de não ter...
Leia mais

Maduro anuncia aumento de 300% no salário mínimo na Venezuela

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou na segunda-feira um aumento de 300% no salário mínimo, que passou de 4,5 mil para 18 mil bolívares, além de garantir que seu governo continuará a assumir o pagamento das relações de funcionários de empresas privadas para evitar que esta alta alimente a inflação. "O salário mínimo nacional será de 18 mil bolívares soberanos para a classe trabalhadora da Venezuela", disse Maduro em discurso anual à nação, realizado na sede da Assembleia Nacional Constituinte, parlamento formado apenas por congressistas governistas e não reconhecido por vários países. Com este aumento, o salário mínimo subiu US$ 5,22 para US$ 20,9, segundo a taxa oficial de câmbio, o que mantém os quase 4 milhões de trabalhadores que o recebem em situação de pobreza extrema pela classificação das Nações Unidas. Maduro explicou que o novo valor estará em vigor a partir de amanhã e deve ser adotado de forma automática por todos os órgãos públicos. Além disso, indicou...
Leia mais

Maduro afirma que Bolsonaro é “Hitler dos tempos modernos”

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, fez novos ataques ao presidente Jair Bolsonaro na segunda-feira (14), chamando-o de "Hitler dos tempos modernos", e criticou as políticas econômicas do novo governo do brasileiro. "E aí temos o Brasil, nas mãos de um fascista. (...) Bolsonaro é o Hitler dos tempos modernos. Não tem coragem e nem decisões próprias, é um fantoche", disse Maduro em discurso realizado na Assembleia Nacional Constituinte, controlada pelo chavismo. Maduro criticou a política de privatizações anunciada por Bolsonaro ao longo da campanha eleitoral e disse que apenas o povo brasileiro pode tomar decisões sobre o assunto. "O povo brasileiro se encarregará dele. Deixemos o tema Bolsonaro ao formoso povo brasileiro, que lutará e se encarregará dele", atacou Maduro no discurso. O governo de Bolsonaro considera que o regime de Maduro é uma ditadura. Em nota na última semana, o Itamaraty expressou o pleno apoio do Brasil à Assembleia Nacional, controlada pela oposição, a qual chamou de "órgão constitucional democraticamente...
Leia mais

Estudo relaciona uso de redes sociais a desordens comportamentais

Estudo de pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos (EUA), mostrou relações entre o uso de redes sociais, mais especificamente o Facebook, e o comportamento de pessoas viciadas. A pesquisa foi divulgada no Periódico de Vícios Comportamentais. Segundo os autores, a lógica de oferta de “recompensas” por esses sites e aplicativos dificulta a tomada de decisões e estimula atitudes de retorno contínuo ao uso do sistema, assim como no caso de outras desordens ou de consumo de substâncias tóxicas. De acordo com os pesquisadores, os estudos sustentam um paralelo entre usuários com grande tempo dispendido em redes sociais “e indivíduos com uso de substâncias [drogas] e desordens decorrentes do vício”. O excesso de redes sociais afetaria a capacidade de julgamento das pessoas no momento de escolhas mais benéficas. “Nossos resultados demonstram que um uso mais severo de sites de redes sociais é associado com maior deficiência na tomada de decisões. Em particular, nossos resultados indicam que usuários em excesso de sites de redes sociais podem tomar decisões mais arriscadas”, dizem...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e