Mundo

Governo americano anuncia sanções contra Venezuela após reeleição de Maduro

O presidente americano, Donald Trump, assinou nesta segunda-feira (21) um decreto executivo em que proíbe indivíduos ou entidades agindo nos Estados Unidos de comprar dívidas do governo venezuelano, assim como bens dados em garantia de empréstimos. O decreto passa a valer a partir desta segunda-feira. Segundo o decreto, ficam proibidas todas as transações que envolverem compra de dívida do governo da Venezuela, inclusive financiamento para essas compras. Além disso, o texto proíbe a venda de direitos de participação em entidades em que o governo da Venezuela tenha mais de 50% de participação. A decisão, segundo decreto, foi tomada como consequência das recentes atividades do governo de Nicolás Maduro, incluindo má gestão econômica, corrupção, repressão política da oposição e tentativas de “destruir a ordem democrática” ao realizar “eleições precipitadas que não são nem livres nem justas”. O decreto também culpa o governo de Maduro pelo aprofundamento da crise humanitária e de saúde pública na Venezuela. O presidente Nicolás Maduro foi reeleito com 6,1 milhões...
Leia mais

Reeleição de Nicolás Maduro é destaque no mundo todo

A reeleição do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro é destaque nos principais jornais da América do Sul, dos Estados Unidos e da Europa. Na Argentina, o La Nación destaca que "Maduro se declara vencedor, mas o mundo e a oposição desconhecem”, o Clarín observa que a eleição ficou marcada por forte abstenção e denúncias de fraude na reeleição. O norte-americano The Wall Street Journa informa que: "Presidente venezuelano se mantém agarrado ao poder com reeleição". O espanhol El Pais destaca que Maduro se reelege como “presidente em uma farsa sem rivais". As manchetes da imprensa venezuela seguem uma linha mais branda em relação às críticas ao presidente reeleito, destacando que houve uma eleição sem surpresas ou um triundo perfeito, com o Diario 2001, que escreveu " Maduro repete "sem surpresas", o La Verdad: "Sin surpresas" e o La Hora, "Maduro proclama triunfo perfeito". FBI Os jornais norte-americanos New York Times e The Dallas Morning News abordam o pedido do presidente dos Estados Unidos, Donaldo Trump, para que o FBI (Federal Bureau of Investigation) investigue a participação de um...
Leia mais

Brasil e outros 13 países não reconhecem processo que reelegeu Maduro

O Brasil e mais 13 países que integram o Grupo de Lima , formado com o objetivo de buscar alternativas para a crise na Venezuela, informaram nesta segunda-feira (21) que não reconhecem a legitimidade das eleições venezuelanas. No poder desde 2013, o presidente Nicolás Maduro foi reeleito com 67,7% dos votos para mais 6 anos de mandato. Os países que integram o Grupo de Lima são: Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia. Como protesto, os governos do Brasil e dos demais países vão convocar os embaixadores da Venezuela nas respectivas nações para prestarem esclarecimentos. “O Grupo de Lima continuará a acompanhar o desenvolvimento da situação na Venezuela, com o objetivo de adotar as medidas adicionais que se façam necessárias, de maneira individual ou coletiva, a favor do restabelecimento do Estado de Direito e da ordem democrática naquele país.” Críticas Em nota oficial de oito itens, o Grupo de Lima foi categórico. “[Os...
Leia mais

Vistos Gold são ilegais e imorais, diz eurodeputada portuguesa

Estrangeiros que comprem imóveis com valor mínimo de 500 mil euros em Portugal recebem o chamado Visto Gold. A Autorização de Residência por Investimento (ARI), nome oficial do visto, permite que os beneficiários solicitem a cidadania portuguesa após seis anos no país. A deputada portuguesa do Parlamento Europeu Ana Gomes, porém, diz que a modalidade consiste na venda de cidadania europeia e abre as portas do espaço Schengen à criminalidade organizada. "Uma coisa é conceder, outra coisa é vender. O esquema que está previsto aqui em Portugal, e não é caso único na Europa (outros países têm mecanismos semelhantes), é absolutamente perverso. É fomentar a corrupção, é fomentar a lavagem de dinheiro, a importação de criminalidade para a zona Schengen. É pôr em causa, portanto, a segurança dos cidadãos europeus", afirma a deputada. O Acordo Schengen é um tratado que dá aos cidadãos europeus o direito de circular em 26 países do continente sem precisar passar por controle de passaporte,...
Leia mais

Tempo gasto em computadores afeta bem-estar de jovens, diz pesquisa

Ficar em frente a telas para navegar na internet, acessar redes sociais ou jogar videogame tem impacto negativo no bem-estar de adolescentes. A tese é de uma pesquisa conduzida por três acadêmicos das universidades da Georgia e de San Diego, nos Estados Unidos, publicada neste ano. Os investigadores analisaram dados de um levantamento anual feito no país com respostas de mais de 1 milhão de meninos e meninas. Os pesquisadores observaram os índices de bem-estar, entendido como uma sensação a partir de diversos critérios, e identificaram uma queda brusca, desde 2012, em aspectos como autoestima, satisfação com a vida e felicidade. O estudo revelou também redução no sentimento de satisfação como um todo, menos entusiasmo dos jovens na relação com amigos e na diversão e queda da sensação de segurança. Ao buscar as causas da redução, chegaram à conclusão que quanto maior o uso de computadores e dispositivos eletrônicos, menor o bem-estar relatado pelos adolescentes entrevistados. Aqueles que usam meios eletrônicos por...
Leia mais

Papa expressa profunda tristeza por acidente aéreo em Cuba

O papa Francisco afirmou neste sábado (19) ter ficado "profundamente triste" ao ser informado sobre o acidente aéreo, nos arredores de Havana (Cuba), que matou mais de 100 pessoas. O número de vítimas ainda é incerto e varia entre 108 a 113. Porém, as informações oficiais são que havia 104 passageiros, inclusive cinco crianças, e nove tripulantes. A maioria das vítimas é cubana. Há duas mulheres sobreviventes. "Fiquei profundamente triste ao receber a dolorosa notícia do acidente, que causou numerosas vítimas, e ofereço sufrágios para o eterno descanso dos mortos", afirmou Francisco em um telegrama enviado ao arcebispo de Santiago de Cuba, Guillermo García Ibáñez, e assinado pelo secretário de Estado do Vaticano, o cardeal Pietro Parolin. O papa disse que pediu a Deus "que derrame sobre todos os afetados os dons da serenidade espiritual e da esperança cristã". A aeronave Boeing 737, da companhia Cubana de Aviação e que pertence à mexicana Global Air, caiu poucos minutos depois de decolar nas proximidades do...
Leia mais

Surto de ebola no Congo não configura emergência internacional, diz OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta sexta-feira (18) que o surto de ebola identificado na República Democrática do Congo não configura emergência em saúde pública de interesse internacional. “A visão do comitê internacional é que as condições para emergência em saúde pública de interesse internacional não foram atendidas”, informou a entidade. Durante coletiva de imprensa, o chefe do comitê internacional que analisou o caso, Robert Steffen, destacou que a situação na República Democrática do Congo requer atenção e desperta grande preocupação. Segundo ele, pelo menos nove países vizinhos foram alertados que estão sob risco de disseminação do vírus. “O comitê internacional aconselha que o governo da República Democrática do Congo, a OMS e seus parceiros permaneçam em resposta coordenada”, disse. “Se o surto se expandir significativamente ou se houver transmissão internacional, o comitê vai se reunir novamente”, completou. O número de casos confiramos de ebola na República Democrática do Congo aumentou para 14, conforme anunciou há pouco a Organização...
Leia mais

Trump chama imigrantes ilegais de ‘animais’

O presidente Donald Trump voltou a reafirmar que fará deportações em larga escala de imigrantes indocumentados. Durante uma reunião com autoridades da cidade da Califórnia, Trump causou polêmica ao chamar de "animais" um grupo de imigrantes ilegais membros da gangue Marasalvatrucha "MS-13", organização criminosa que surgiu em Los Angeles nos anos 1980 e que hoje atua internacionalmente, com ramos em diversas partes dos Estados Unidos, Canadá, México, e América Central. “Temos muitas pessoas que entram ou que tentam entrar em nosso país [...], estamos impedindo inúmeros deles de entrar e removendo muitos dos que já estão aqui”. O comentário de Trump foi feito no contexto em que ele dizia que são pessoas más. “Você não acreditaria o quão ruim são essas pessoas. Não são as pessoas, são animais ... E nós estamos tirando-as para fora do país em um nível nunca visto ”, disse. A gangue MS-13 é composta, em sua maioria, por imigrantes latinos vindos da América Central, principalmente...
Leia mais

Nota do Itamaraty sobre Gaza repercute entre diplomatas

As representações diplomáticas reagiram positivamente à nota do Itamaraty, na qual recomenda que israelenses e palestinos busquem negociações que possibilitem um acordo pela paz e segurança na Faixa de Gaza. Em nota divulgada na noite de segunda-feira (14), o Itamaraty anunciou que "o governo brasileiro reitera sua posição em prol de negociações que garantam o estabelecimento dos dois estados, vivendo em paz e segurança, dentro de fronteiras internacionalmente reconhecidas, e que assegurem o acesso aos lugares santos das três religiões monoteístas, de acordo com as resoluções do Conselho de Segurança, em especial a Resolução 478 (1980), e da Assembleia Geral Nações Unidas". “A Bélgica é favorável a uma solução pacífica e esperamos que o diálogo na região ainda seja possível”, disse o embaixador belga no Brasil, Dirk Loncke, ao comentar a nota do Itamaraty. Dirk Loncke lamentou a morte de pelo menos 60 pessoas durante os conflitos na região, após a inauguração da Embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém, na segunda-feira...
Leia mais

Missão chinesa vem ao Brasil vistoriar 84 frigoríficos

Uma missão técnica com especialistas veterinários chineses deve desembarcar no país até o final do mês para vistoriar 84 plantas frigoríficas. O anúncio ocorreu durante reunião entre o ministro do Comércio da China, Zhong Shan, e o ministro da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, que está em visita a Pequim para encontro com representantes do governo chinês. A informação foi divulgada na tarde desta terça-feira (15), em Brasília, pela assessoria do ministério. Desde a realização da Operação Carne Fraca, pela Polícia Federal, em março do ano passado, os chineses impuseram restrições à importação da carne brasileira. Logo após a operação, o país chegou a bloquear totalmente a importação de carne. Em novembro do ano passado, o governo chinês rejeitou o pedido de autorização de 26 plantas frigoríficas brasileiras para exportar carnes àquele país. O veto ocorreu paralelo ao anúncio da liberação de outras 22 unidades. De acordo com o ministério, a expectativa agora é a de que o país...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e