Inovações

Sibéria: ser que voltou à vida após 24 mil anos congelado

Um organismo multicelular microscópico voltou à vida depois de ter ficado congelado por 24 mil anos na Sibéria. É o que aponta uma pesquisa em que cientistas desenterraram o animal conhecido como rotífero bdeloide no rio Alayeza, no Ártico russo. Depois de descongelado, ele foi capaz de se reproduzir assexuadamente, mesmo após passar milênios em um estado de latência conhecido como criptobiose Pesquisas anteriores já tinham apontado que eles poderiam sobreviver congelados por até dez anos. O novo estudo, publicado nesta semana na revista Current Biology, sugere que eles podem sobreviver milhares de anos ou até indefinidamente. "A conclusão é que um organismo multicelular pode ser congelado e armazenado como tal por milhares de anos e depois voltar à vida — um sonho de muitos escritores de ficção", disse Stas Malavin, do Instituto de Problemas Físico-Químicos e Biológicos em Ciências do Solo, na Rússia, à agência de notícias Press Association. Para examinar o processo, os cientistas que participaram do estudo congelaram e...
Leia mais

Embraer recebe encomenda de 50 ‘carros voadores’

A Embraer anunciou nesta segunda-feira(7) parceria entre a Eve Urban Air Mobility e a Helisul Aviation em mobilidade aérea urbana (UAM) no Brasil, com pedido inicial de até 50 veículos elétricos de decolagem e pouso vertical (eVTOL), com entregas previstas para começar em 2026. O eVolt tem sido apelidado de "carro voador", pelo fato de fazer pousos e decolagem verticais. Ele funciona como um helicóptero, mas tem hélices diferentes, o que permitem um pouso e uma decolagem mais suaves.  Nos últimos anos, a Eve, empresa independente criada pela Embraer para acelerar o desenvolvimento do ecossistema de UAM no mundo, e Helisul, operadora de helicópteros, têm colaborado para criar soluções de UAM, aproveitando a infraestrutura de táxi aéreo no país para o uso por eVTOLs da Eve. Eve e Helisul planejam iniciar a parceria trabalhando numa prova de conceito (POC, em inglês), utilizando helicópteros para validar parâmetros que poderão ser aplicados às futuras operações do eVTOL, afirmou a fabricante de aviões em comunicado à...
Leia mais

Nasa está começando a levar OVNIs a sério

O novo chefe da Nasa, Bill Nelson, ainda em seu primeiro mês no cargo, está preparando um esforço para ampliar os estudos sobre objetos voadores não identificados (OVNI). Nelson, ex-senador da Flórida e veterano em viagens espaciais, contou em uma longa entrevista à CNN que não está claro para ninguém, mesmo nos escalões superiores da agência espacial dos Estados Unidos, o que são os objetos de alta velocidade que foram observados por pilotos da Marinha.  Em sua opinião, eles não são evidência de extraterrestres visitando a Terra. "Acho que eu saberia" se fosse esse o caso, disse. Nelson reconheceu, porém, que seria prematuro descartar a hipótese como uma possibilidade. Os comentários ecoam as conclusões de um novo relatório do Pentágono, previsto para ser divulgado no final deste mês. Cinco fontes familiarizadas com o estudo disseram que oficiais da inteligência dos EUA não encontraram evidências de que os OVNIs avistados sejam espaçonaves alienígenas, mas também não chegaram a uma conclusão definitiva do que os...
Leia mais

Nasa planeja duas novas missões a Vênus

A Nasa, a agência espacial norte-americana, anunciou nessa quarta-feira (2) planos para lançar duas novas missões científicas a Vênus entre 2028 e 2030 - as primeiras em décadas - para estudar a atmosfera e a história geológica do vizinho planetário mais próximo da Terra. A agência espacial dos Estados Unidos disse que está disponibilizando cerca de US$ 500 milhões para o desenvolvimento de cada uma das duas missões, apelidadas de Davinci+ (abreviação de Atmosphere Venus Investigation of Noble Gases, Chemistry and Imaging) e Veritas (um acrônimo para Venus Emissivity, Radio Science, InSAR, Topografia e Espectroscopia). A Davinci+ medirá a composição da densa atmosfera de Vênus para melhorar a compreensão de como ela evoluiu, enquanto a Veritas mapeará a superfície do planeta para ajudar a determinar sua história geológica e por que se desenvolveu de forma tão diferente da Terra, informou a Nasa. A Davinci+ também deve proporcionar as primeiras imagens de alta resolução de características geológicas únicas em Vênus, que podem...
Leia mais

China prepara-se para enviar tripulação à sua estação espacial

A República Popular da China vai enviar, neste mês de junho, à nova estação espacial chinesa uma tripulação composta por três astronautas. É uma missão de três meses onde estão previstas saídas extraveiculares, manutenção e preparação do equipamento orbital, bem como experiências científicas. A informação foi divulgada na televisão estatal chinesa pelo representante do programa espacial tripulado, Yang Liwei. O anúncio foi feito depois de a China ter lançado um segundo módulo espacial automatizada com combustível e suprimentos para a estação Tianhe ("Harmonia Celestial", em português), que irá acoplar ao primeiro em órbita desde 29 de abril. A nova estação espacial é a terceira e a maior lançada pelo programa espacial da China, depois de, em 2011, o país ter enviado um primeiro módulo, o Tiagong 1, e cinco anos depois um segundo módulo (Tiangong 2), uma estação primária, tripulada não permanentemente, que esteve em operação até abril de 2018. A nova estação, com mais módulos e maior durabilidade, vai receber a primeira tripulação neste mês de junho por meio...
Leia mais

Lulas bebês e ursos d’água serão levados para o espaço para experimentos

Tardígrados, conhecidos popularmente como 'ursos d'água', e lulas bebês estão prestes a pegar uma carona para o espaço. Não, ninguém está começando um aquário no espaço. Esses animais se juntarão à tripulação de astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional para fins de pesquisa. A SpaceX está programada para lançar sua 22ª missão de reabastecimento de carga para a estação espacial em 3 de junho. A espaçonave levará suprimentos, experimentos de pesquisa científica e demonstrações de tecnologia. A nave também carregará novos painéis solares que serão instalados fora da estação espacial por astronautas durante as caminhadas espaciais em junho. Além disso, cerca de 5 mil ursos d'água, e 128 lulas bobtail bebês, que brilham no escuro, estarão entre a preciosa carga que se dirige para a estação. Ambos estarão envolvidos em experimentos.  O primeiro experimento será a análise de como os ursos d'água toleram o ambiente. Os pesquisadores também querem saber se a falta de gravidade afeta as relações simbióticas entre as lulas e os micróbios...
Leia mais

Eclipse da Superlua: coincidência ficará visível entre hoje e amanhã

A noite de hoje (25) terá novamente a chamada Superlua, nome dado ao satélite natural quando alcança seu ponto de maior proximidade com a Terra. O evento astronômico será ainda mais interessante em algumas localidades, porque virá acompanhado do eclipse lunar que ocorrerá a partir das 5h47 desta quarta-feira (26), no horário de Brasília. De acordo com a Agência Espacial dos Estados Unidos (Nasa), o eclipse será total no oeste dos Estados Unidos e do Canadá, em todo o México e na maior parte da América Central e do Equador, bem como no oeste do Peru e no sul do Chile e da Argentina. Também poderá ser visto em sua totalidade no leste da Austrália e da Nova Zelândia e nas ilhas do Pacífico, incluindo o Havaí. No Brasil, o eclipse será penumbral ou parcial, muito difícil de ser observado porque começará no momento em que a Superlua já estará se pondo no horizonte. “A boa notícia é que a Superlua...
Leia mais

Cientistas criam testes de covid-19 com resultados em tempo recorde

Pesquisadores das universidades da Flórida, nos Estados Unidos, e Chiao Tung, em Taiwan, criaram dispositivos que permitem detectar a infecção pelo novo coronavírus em um segundo ou em menos de 30 minutos, conforme a técnica usada. Os estudos foram divulgados hoje (18) na publicação Journal of Vacuum Science & Technology B, do Instituto Americano de Física. Os cientistas desenvolveram um biossensor que permite detectar em um segundo biomarcadores para o vírus. Uma equipe da Universidade de Illinois, também nos Estados Unidos, criou um dispositivo portátil, em que muitos dos seus componentes podem ser impressos em 3D e que permite obter resultados precisos a partir de uma amostra de saliva em menos de 30 minutos. O dispositivo é apresentado em artigo na revista Nature Communications. O biossensor, semelhante ao usado para detectar glicose no sangue, permite identificar proteínas do novo coronavírus SARS-CoV-2 por meio de um detector de biomarcadores -- semelhante na forma às tiras de papel utilizadas nos testes de níveis de glicose -- com...
Leia mais

Descoberta de fóssil de 1 bilhão de anos traz nova teoria sobre evolução

Cientistas da Universidade de Sheffield (Reino Unido) e do Boston College (EUA) encontraram um microfóssil de 1 bilhão de anos que pode ser o animal multicelular mais antigo já registrado. A descoberta, ocorrida na Escócia, foi publicada pela revista Current Biology e revela uma nova teoria para a evolução das espécies. O fóssil, denominado Bicellum brasieri, tem formato de esfera e contém dois tipos de células distintas. Ele pode ser membro primitivo do grupo Holozoa, mostrando outra perspectiva sobre a transição de organismos unicelulares para animais multicelulares complexos. O Bicellum brasieri traz respostas sobre as origens da multicelularidade complexa e a evolução dos animais. Os cientistas conseguiram estudá-lo graças ao seu estado de preservação, o qual permitiu a análise do nível celular e subcelular. “A descoberta deste novo fóssil nos sugere que a evolução dos animais multicelulares ocorreu há pelo menos 1 bilhão de anos e que os primeiros eventos anteriores à evolução dos animais podem ter ocorrido em água doce como lagos, e não no oceano”,...
Leia mais

Tailândia cria usina de energia com 145 mil painéis solares flutuantes

A Tailândia está finalizando o desenvolvimento de um dos maiores centros flutuantes de produção de energia solar do mundo. O projeto tem quase 145 mil painéis solares presos a uma estrutura que flutua na água. As obras serão concluídas em junho de 2021. A instalação foi feita perto de uma Usina Hidrelétrica e o local se transformou em um grande centro híbrido de produção de energia. O país foi criticado pela comunidade internacional sobre a emissão de poluentes e, por isso, o governo tailandês planeja construir mais oito locais semelhantes nos próximos 16 anos. CNN ...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e