Inovações

Cabeça de lobo gigante de 30 mil anos é encontrada com cérebro e presas intactos

Como um mensageiro da Era do Gelo, a cabeça de um lobo gigante encontrada na Sibéria tem sido estudada por cientistas da Rússia, Suécia e Japão como testemunho precioso do Pleistoceno. Ela tem tem mais de 30 mil anos de idade, inclui presas e até mesmo um cérebro incrivelmente preservados. Trata-se da primeira cabeça intacta de um lobo adulto da Era do Gelo. Outro atributo importante é seu comprimento, de 40 cm - muito maior que a de um lobo atual, que mede entre 23 e 28 cm. Os cientistas esperam que os restos ajudem a decifrar o que aconteceu com esse grande predador que vivia na Europa e na Ásia e com outras espécies, como o mamute-lanoso. A cabeça foi apresentada ao público em uma exposição no Museu Nacional de Ciência e Inovação, em Tóquio. Como foi a cabeça encontrada? À medida que partes do permafrost (como é chamado a grande faixa de solo congelado de rocha e terra) da Sibéria derretem devido às...
Leia mais

Fenômeno que confirmou a Teoria da Relatividade completa 100 anos

O Observatório Nacional abriu nesta sexta-feira (24), com um seminário especial, as comemorações do centenário do eclipse de Sobral (CE), que comprovou a Teoria da Relatividade Geral, do físico alemão Albert Einstein. A Teoria da Relatividade foi proposta por Einstein em 1915 e é um dos pilares da física moderna ao lado da mecânica quântica. O eclipse de Sobral completa 100 anos no próximo dia 29. Na avaliação do astrofísico e pesquisador do Observatório Nacional Jailson Souza de Alcaniz, o eclipse de Sobral foi a primeira comprovação observacional da teoria da relatividade geral e abriu caminho para uma nova teoria da gravitação. "Quando é demonstrado, pela observação, que a teoria de Einstein é correta no campo gravitacional, isso abre caminho para outros testes. A relatividade geral tem pouco mais de 100 anos agora e a grande maioria dos experimentos e observações é inquestionável", disse o pesquisador. Jailson Alcaniz lembrou que depois do fenômeno de Sobral vieram outras evidências. Segundo ele,...
Leia mais

Subida do nível do mar preocupa cientistas

Cientistas afirmam que o nível do mar está subindo mais depressa do que o previsto. A causa: o degelo das geleiras na Antártida e Groenlândia. Um estudo, que previu que o mar subiria menos de um metro até ao ano de 2100, está sendo contestado porque cientistas acreditam que esse total poderá duplicar. O relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), produzido em 2013, previa que o nível do mar subiria no máximo de um metro até ao ano de 2100. Sem uma significativa redução das emissões do gás de efeito de estufa, as águas poderiam subir entre 52 e 98 centímetros. Contudo, um novo estudo, mais abrangente, prevê que o nível do mar poderá aumentar mais de dois metros, se as emissões continuarem na sua trajetória, e se as temperaturas subirem até 5 graus Celsius. A hipótese, no entanto, é extrema, e a probabilidade de as temperaturas subirem 5 graus é de 5%.   Cientistas alertam, porém, para o fato de que...
Leia mais

Cientistas inserem gene do cérebro humano em macacos em pesquisa polêmica

Segundo informa a publicação científica "The Journal National Science Review", um time de cientistas na China inseriu um gene responsável pelo desenvolvimento do cérebro humano no genoma de macacos. A técnica consistiu na introdução do gene MCPH1 em 11 macacos-rhesus (Macaca mulatta), que agora estão sendo testados em experiências que envolvem tarefas cognitivas que podem esclarecer em detalhes os ganhos no desenvolvimento cerebral nos animais. Em um dos testes, os macacos deveriam se lembrar das cores e formatos de um estímulo que era exibido em uma tela. "Notavelmente, nossos estudos cognitivos preliminares detectaram uma melhora na memoria de curto prazo nos macacos transgênicos", escreveram os cientistas. A pesquisa foi conduzida pela Acadêmia Chinesa de Ciências, pelo instituto de zoologia Kunming e por cientistas norte-americanos da Universidade da Carolina do Norte. Como já era de se esperar, essas pesquisas desencadearam uma avalanche de debates sobre os limites da ética nas experiências genéticas, embora os pesquisadores envolvidos no estudo tenham garantido que tudo foi feito de forma...
Leia mais

Missão espacial chinesa desvenda segredos do lado oculto da Lua

A missão chinesa Chang’e-4 foi a primeira a chegar ao lado mais afastado da Lua, assim como a primeira a descobrir a presença de olivina. A sonda tem investigado a composição do manto lunar, de forma a explicar a evolução e formação da Lua. Com as recentes descobertas, especula-se que a origem da Lua esteja relacionada com a colisão da Terra com um corpo celeste. A sonda Chang’e-4 pousou na cratera lunar Vón Kármán no dia 3 de janeiro, e instalou o rover Yutu-2 para explorar a Bacia do Polo-Sul-Aitken, a maior e mais velha cratera do lado oculto da Lua. O rover colecionou algumas amostras e as suas descobertas foram divulgadas no Jornal Nature, nessa quarta-feira (16).As amostras revelaram vestígios de olivina, o que levou os investigadores a especular que o manto poderá conter olivina e piroxena em iguais quantidades, ao invés do domínio de um desses minerais. A olivina é um dos principais componentes do manto terrestre, o...
Leia mais

Lua está diminuindo, diz estudo

A Lua possui escarpas e está diminuindo, afirmou na segunda-feira (13) o cientista Thomas Watters, do Centro de Estudos da Terra e Planetas do Museu Nacional do Ar e do Espaço dos Estados Unidos. De forma lenta, mas sem pausas, a Lua perdeu mais de 50 metros nos últimos 100 milhões de anos na medida em que seu interior esfria, explicou Watters segundo um comunicado da Nasa, a agência espacial americana. ...
Leia mais

Sonda da Nasa registra pela primeira vez tremor na crosta de Marte

A sonda sismológica da missão americana InSight registrou pela primeira vez tremor no solo de Marte. De acordo com informações divulgadas pela Agência Espacial dos Estados Unidos (Nasa), o fraco sinal sísmico, detectado pela sonda, foi gravado no dia 6 de abril. “Este é o primeiro tremor registrado que parece ter vindo do subsolo do planeta”. Os cientistas ainda estão examinando os dados para determinar a causa exata do tremor. “Nós estamos coletando ruído de fundo até agora, mas este primeiro evento oficialmente dá início a um novo campo: sismologia marciana”, disse Bruce Banerdt, que integra a equipe principal de cientistas que monitoram a sonda InSight, do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa (JPL), em Pasadena, na Califórnia. O sismógrafo da InSight, que pousou na superfície marciana no dia 19 de dezembro de 2018, permitirá aos cientistas coletar dados das movimentações da crosta marciana. Ao estudar o subsolo profundo de Marte, eles esperam aprender como outros mundos rochosos, incluindo a Terra e a...
Leia mais

Imagens de buraco negro no espaço são registradas pela 1ª vez

Pesquisadores da Fundação Nacional de Ciência (cuja sigla em inglês é NSF), nos Estados Unidos, que atuam no projeto Telescópio de Horizonte de Eventos (cuja sigla em inglês é EHT), revelaram que, pela primeira vez, foram captadas imagens de um buraco negro no espaço. Os buracos negros são objetos cósmicos com massas imensas e tamanhos compactos. A presença desses objetos afeta o ambiente, podendo distorcer os conceitos de espaço-tempo e superaquecendo qualquer material ao redor. "Nós tiramos a primeira foto de um buraco negro", disse o diretor do projeto da EHT, Sheperd S. Doeleman, do Centro de Astrofísica Harvard e Smithsonian. "Este é um extraordinário feito científico realizado por uma equipe de mais de 200 pesquisadores." Detalhes A imagem revela o buraco negro no centro de Messier 87, uma enorme galáxia ao redor do planeta Virgem. Este buraco negro está a 55 milhões de anos-luz da Terra e tem uma massa de 6,5 bilhões de vezes a massa do Sol. Em entrevista coletiva,...
Leia mais

Competição de robótica atrai cerca de 1,2 mil alunos do país ao Rio

Cinquenta anos depois que o homem pisou na Lua, em 1969, cerca de 1,2 mil estudantes brasileiros competiram neste fim de semana no Rio de Janeiro, do Festival Sesi de Robótica, com projetos voltados para a pesquisa no espaço. As soluções apresentadas por estudantes, a partir de 9 anos, passaram por temas como combustíveis alternativos, materiais leves e sobrevivência em atmosfera zero. Os estudantes disputaram em três categorias, e em duas delas estavam disponíveis vagas para participar da maior competição de robótica do mundo, o World Festival, em Houston, nos Estados Unidos. O gerente executivo de educação do Sesi, Sergio Gotti, comemora que, muito além de prêmios internacionais, a competição estimula a curiosidade e desenvolve nos jovens uma série de habilidades que não se restringem ao comando de máquinas.  "Sempre defendemos que a robótica não pode ser uma disciplina específica, ela tem em que ser um componente transversal para ajudar as outras disciplinas a desenvolverem melhor a parte prática dentro...
Leia mais

Sonda japonesa pousa em asteroide a 300 milhões de km da Terra

A Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (Jaxa) anunciou que ocorreu com êxito o pouso da sonda espacial Hayabusa 2 no asteroide Ryugu, na primeira etapa da sua missão de coletar amostras de rocha no corpo celeste. A Jaxa informou que o equipamento pousou no asteroide às 7h29 desta sexta-feira (22)  — horário japonês. Partindo de uma altitude de 20 mil metros, a Hayabusa 2 iniciou a descida em direção à superfície de Ryugu pouco depois das 13h de ontem. O destino era uma estreita área de pouso com 6 metros de diâmetro. Quando estava a 500 metros da superfície do asteroide, a sonda mudou para modo automático de pouso. A Hayabusa 2 está equipada com um aparelho de coleta de rochas com cerca de 1 metro de comprimento, que se estende da sua base para entrar em contato com a superfície do corpo celeste. O aparelho foi projetado para lançar projéteis na superfície do asteroide e, com a agitação resultante, coletar as rochas....
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e