Estado

Queimados mostra falta de políticas para segurança

Os altos índices de violência no município de Queimados, na Baixada Fluminense, apontados pela última edição do Atlas da Violência, não devem ser naturalizados, mas sim servirem como estímulo à resolução dos problemas. A análise é da especialista em segurança pública Sílvia Ramos, do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (Cesec). “É possível reduzir os homicídios, sim. E eu espero que os agentes de segurança do Rio usem Queimados não como um caso para mostrar como o Rio é violento. Mas para mostrar como é possível reduzir homicídios”, disse. Ela diz acreditar que o problema da violência no município tem solução, unindo esforços nas esferas públicas, federal, estadual e municipal. “Redução de homicídios tem jeito sim. Com três ou quatro políticas em Queimados, em quatro meses a gente baixa [os índices]. Tem que haver foco articulado na milícia, na elucidação de homicídios múltiplos, onde morre mais de uma pessoa. Pois às vezes tem um grupo que mata 10, 20 pessoas. Enquanto você não...
Leia mais

RJ confirma sete casos de sarampo, cinco deles na capital

Sete casos de sarampo foram confirmados nesta sexta-feira (20) no estado do Rio de Janeiro, sendo cinco na capital fluminense e dois em Duque de Caxias, Baixada Fluminense. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), todos os casos têm ligação com a Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde foi diagnosticado o primeiro caso da doença. As amostras foram analisadas pela Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), laboratório de referência do Ministério da Saúde. Desde a primeira suspeita da circulação de sarampo, a SES vem trabalhando em parceria com os municípios. No início do mês, a Secretaria Municipal de Saúde informou que havia 18 casos suspeitos na capital. No último dia 3 de julho, a Secretaria Municipal de Saúde promoveu ação de vacinação de bloqueio no campus da Faculdade de Direito da UFRJ e, em conjunto com a SES, tomou uma série de medidas de prevenção e análise dos casos. A SES esclareceu que a proteção...
Leia mais

Gabinete de Intervenção fecha UPP da Cidade de Deus

A Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Cidade de Deus, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio, será extinta, conforme resolução da Secretaria de Estado de Segurança (Seseg), publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (20). A Secretaria de Segurança vai criar duas companhias destacadas da Polícia Militar (PM) para atender a comunidade da região: uma na Cidade de Deus e outra na Praça Seca. O realinhamento das UPPs está sendo conduzido junto ao Gabinete de Intervenção Federal, com base em diagnóstico iniciado pela PM no ano passado. Por determinação do secretário de Segurança, Richard Nunes, o efetivo das UPPs desativadas será destinado a reforçar o policiamento ostensivo "com atuação na mancha criminal para coibir a criminalidade". Segundo a secretaria, os programas sociais serão mantidos. Além disso, o realinhamento deve fortalecer a segurança das comunidades e contribuir para a melhoria das condições de trabalho dos policiais. A Cidade de Deus já foi considerada uma das áreas mais perigosas do Rio....
Leia mais

‘Doutor Bumbum’ e a mãe deixam DP da Barra e vão para presídio em Benfica

O médico Denis Furtado (na foto, em primeiro plano), conhecido como Doutor Bumbum, e sua mãe, Maria de Fátima Furtado, deixaram nesta sexta-feira (20) a 16ª Delegacia de Polícia, na Barra, com destino ao presídio José Frederico Marques, em Benfica. Segundo a delegada titular, Adriana Belém, eles prestaram depoimento durante toda a noite com objetivo de esclarecer pontos sobre a morte da bancária Lilian Calixto, ocorrida no último fim de semana. Ambos foram presos na tarde de ontem (19), pela Polícia Militar (PM), quando estavam no escritório de seu advogado, Marcus Braga, em um conjunto comercial na Barra. Segundo a delegada, já havia sido combinado com a defesa a entrega dos dois na delegacia, mas a PM acabou se antecipando e efetuando a prisão. Durante coletiva de imprensa, realizada na própria delegacia, Denis Furtado alegou que Lilian saiu da mesa de procedimentos lúcida e caminhando, mas que começou a se sentir mal e foi encaminhada, por ele, ao Hospital Barra D´Or....
Leia mais

Tribunal de Justiça nega transferência de Orlando Curicica para o RJ

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Humberto Martins negou nesta sexta-feira (20)o  pedido de transferência feito pela defesa do ex-policial militar Orlando Oliveira de Araújo, conhecido como Orlando Curicica, investigado pela suposta participação no homicídio da vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, em março, no Rio de Janeiro. O investigado está preso na penitenciária federal em Morroró (RN) e pretendia retornar ao sistema prisional do Rio de Janeiro. A defesa alegou no STJ que o acusado está sofrendo constrangimento ilegal ao cumprir prisão preventiva em um presídio federal. Para os advogados, não há motivo para a manutenção da prisão em regime mais gravoso. Ao decidir o pedido de habeas corpus, o ministro entendeu que a decisão da justiça do Rio que determinou a transferência foi fundamentada e não há motivos da cassá-la por meio de uma liminar. "O caso em análise não se enquadra nas hipóteses excepcionais passíveis de deferimento do pedido em caráter de urgência, não...
Leia mais

CRM do DF cassa registro do ‘Doutor Bumbum’

Após a repercussão da morte da bancária Lilian Calixto durante um procedimento estético, o médico Denis César Barros Furtado (foto), conhecido como Dr. Bumbum, que fazia a cirurgia, não poderá mais exercer a profissão em Brasília. Ele teve o exercício profissional cassado pelo Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF). Nesta quinta (19), ele e a mãe, Maria de Fátima Furtado, foram presos no Rio de Janeiro quatro dias depois da morte de Lilian Calixto. De acordo com o CRM, o médico era alvo de um processo ético-profissional devido a outras irregularidades. Segundo o órgão, os motivos da cassação não podem ser divulgados por “sigilo processual”. As infrações de Denis Furtado eram investigadas pelo conselho regional do DF desde março de 2016, quando ele foi alvo de interdição cautelar para o exercício da profissão. Essa medida, porém, foi suspensa três meses depois pela Justiça Federal em Brasília. A decisão de cassar o registro profissional de Furtado será submetida ao Conselho Federal de...
Leia mais

‘Doutor Bumbum’ é preso com a mãe na Barra da Tijuca

O médico Denis César Barros Furtado, de 45 anos, foi preso na tarde desta quinta-feira (19) em um centro empresarial na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. A mãe do médico, Maria de Fátima Furtado, também foi presa. Conhecido como Dr. Bumbum, Denis Furtado estava foragido sob s acusação de homicídio doloso, porque a paciente Lilian Calixto morreu durante um procedimento estético realizado na cobertura do profissional, na zona oeste do Rio. Segundo a Polícia Militar informou em seu perfil no Twitter, policiais do setor de inteligência do 31º Batalhão efetuaram a prisão. O médico será encaminhado para a 16ª DP, na Barra da Tijuca. A delegada da 16ª DP, Adriana Belém, considerou o desfecho satisfatório. Ela disse que a defesa de Dênis havia combinado que o médico se apresentaria às 16h, mas policiais militares localizaram seu paradeiro enquanto ele e a mãe ainda estavam no escritório de seu advogado. "Eles (Denis e a mãe, Maria de Fátima)...
Leia mais

Conselho de Medicina pede interdição do ‘Doutor Bumbum’

O Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) vai encaminhar ofício quinta-feira (19) ao Conselho Federal de Medicina (CFM), com pedido de interdição ética do médico Denis César Barros Furtado, 45 anos, acusado de realizar procedimento estético em sua cobertura na Barra da Tijuca, que resultou na morte da paciente Lilian Calixto. Se o pedido for acatado, Denis ficará sem poder exercer a medicina até a conclusão do processo. O plantão do Tribunal de Justiça decretou a prisão de Denis e da mãe dele, Maria de Fátima (que teria participado do procedimento e teve o registro cassado de médica em 2015) e da namorada dele, Renata Cirne, que foi levada para o Presídio de Benfica, na zona norte da cidade. Os pedidos de prisão temporária de 30 dias foram pelos crimes de homicídio doloso duplamente qualificado e associação criminosa. Denis e a mãe dele estão foragidos. Policiais da 16ª Delegacia Policial (Barra da Tijuca) investigam o caso do médico, conhecido como Dr. Bumbum, acusado de ter sido o responsável pela morte...
Leia mais

Soldado do Exército sai ferido de operação na CDD

Um do soldado do Exército ficou ferido durante uma operação das Forças Armadas na Cidade de Deus, comunidade da zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, na madrugada desta quarta-feira (18). Segundo o Comando Militar do Leste (CML), o soldado fazia uma patrulha na favela quando criminosos atiraram na direção do grupamento por volta da 0h30. O militar foi atingido por um tiro de raspão no braço e encaminhado para o Hospital Central do Exército. De acordo com o CML, o soldado passa bem e não corre qualquer risco. Segundo o CML, os militares responderam ao ataque e houve um “breve” tiroteio. As Forças Armadas continuam patrulhando a região....
Leia mais

Médico acusado pela morte de bancária é procurado pela polícia

O corpo da bancária Lilian de Lima Calixto, de 46 anos, foi velado na capela do Cemitério Parque Bom Jesus na cidade de Cuiabá, em Mato Grosso. O enterro foi marcado para a manhã desta quarta-feira (18), às 8h. Lilian morreu após um procedimento cirúrgico de estética no último sábado (14) no Rio. A polícia procura pelo médico. A cirurgia foi realizada pelo médico Denis Cesar Furtado, no apartamento de cobertura dele na Barra da Tijuca. Horas depois, quando jantava com Denis em um restaurante no bairro, começou a passar mal e foi levada pelo médico para o Hospital Barra D’Or. A bancária chegou à unidade hospitalar em estado grave. Ela morreu na madrugada de domingo (15). Após deixar Lilian no hospital, Denis ligou para a família e avisou sobre o seu estado de saúde e da internação. Desde então está desparecido e é procurada pela polícia. Os policiais estiveram no apartamento dele, onde colheram provas do procedimento cirúrgico. O...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e