Estado

Por falta de verba Museu de Arte do Rio está em desmobilização

O Museu de Arte (MAR) do Rio de Janeiro está “em processo de desmobilização do equipamento cultural”, devido à falta de verbas. O quadro inclui aviso prévio de 126 trabalhadores. Segundo o Instituto Odeon, responsável pela gestão do museu, “o início do processo de desmobilização acontece após os consecutivos atrasos no pagamento de parcelas do contrato de gestão, incluindo a parcela de setembro que até o momento não foi depositada. Com isso, não há mais fôlego financeiro para manter o equipamento funcionando”. Ao todo, receberam aviso prévio 80 servidores do quadro do MAR e 46 terceirizados, num total de 126 pessoas que serão atingidas pelo desligamento. O Instituto Odeon, organização social responsável pela gestão do MAR, enviou na última sexta-feira (8) ofício à Secretaria Municipal de Cultura do Rio informando que iniciaria as ações de desmobilização do equipamento cultural. O texto diz que o instituto “honrou todos os compromissos assumidos, não apenas com seus fornecedores, parceiros e apoiadores, mas também com a...
Leia mais

Linha Amarela: Prefeitura do Rio recorre à Justiça para encampar

A Procuradoria-Geral do Município (PGM) do Rio de Janeiro recorreu novamente à Justiça, nesta segunda-feira (11), para poder encampar a Linha Amarela. O recurso pede a suspensão da execução da liminar que impede o cumprimento da Lei Complementar 213/2019, que estabelece a encampação da Linha Amarela, via expressa que liga a Barra da Tijuca, na zona oeste à Ilha do Governador, no acesso ao Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão. Em liminar, no dia 1º de novembro, a juíza da 6ª Vara de Fazenda Pública do Rio de Janeiro Regina Lucia de Castro Lima determinou que a prefeitura da capital não “poderá dar prosseguimento a encampação da Linha Amarela, sem respeitar o devido processo administrativo, que prevê indenização à concessionária da via, a empresa Lamsa”. No despacho, a juíza diz que a prefeitura não pode encampar o serviço concedido “sem prévio processo administrativo específico sobre a proposta de encampação, assegurado o direito da concessionária à ampla defesa; e sem prévio pagamento da indenização."...
Leia mais

Rio prepara equipes técnicas para caso surjam manchas de óleo

Começou nessa segunda-feira (11) e se estende até está terça-feira (12) a segunda etapa de preparação de equipes técnicas para atuação em caso de surgimento de óleo na costa do Rio de Janeiro. O treinamento, feito pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), é para técnicos de São Francisco do Itabapoana, São João da Barra,  Campos dos Goytacazes, Carapebus, Quissamã, Rio das Ostras, Casimiro de Abreu, Macaé, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Búzios e Saquarema. Inicialmente, a capacitação atende os municípios do noroeste fluminense e Região do Lagos e, na próxima semana, as cidades da região metropolitana e do sul fluminense. Na primeira etapa, o Inea realizou, na semana passada, capacitação de cerca de 80 pessoas, entre técnicos da Defesa Civil estadual, do Corpo de Bombeiros, do próprio órgão ambiental, além de militares do Exército para atuação em caso de o estado ser atingido pelo vazamento de óleo. O treinamento incluiu atividade prática na praia, onde o grupo simulou atendimento de...
Leia mais

Chuva diminui de intensidade, mas Rio permanece em estágio de atenção

O município do Rio de Janeiro está em estágio de atenção há mais de 10 horas, devido à chuva forte que atingiu a cidade no final da manhã. O estágio de atenção entrou em vigor às 11h50. O Sistema Alerta Rio informou que ainda há previsão de chuva fraca a moderada na noite dessa segunda-feira (11). De acordo com o Alerta Rio, a chuva pode ser forte, em pontos isolados, até o fim da noite. A chuva forte pode vir com ventos moderados a fortes (entre 18,5 km/h e 76 km/h). A madrugada, manhã e tarde desta terça-feira (12) estão com previsão de chuva fraca a moderada, diminuindo para apenas chuva fraca, isolada, ao longo do dia. Os ventos, nesta terça, devem ser moderados (entre 18,5 km/h e 51,9 km/h). A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil informou que, em meia hora, a partir das 11h57, foram acionadas sirenes em sete das 103 comunidades de alto risco geológico monitoradas...
Leia mais

Rio entra em estágio de atenção por causa de chuva forte

A cidade do Rio de Janeiro entrou em estágio de atenção às 11h50 desta segunda-feira (11), com a previsão de chuvas fortes e muito fortes, que podem ser acompanhadas de ventos também fortes. Um temporal atingiu o centro da cidade e as zonas sul e oeste no fim da manhã desta segunda-feira e causou transtornos e interdições. Sirenes de emergência que monitoram o risco de deslizamento foram acionadas em sete comunidades: Rocinha, Santa Marta, Cabritos e Guararapes, na zona sul; Formiga, na zona norte; e Santa Alexandrina e Paula Ramos, no centro. Ao todo, 16 desses alarmes sonoros que monitoram o risco geológico dispararam, e a Defesa Civil Municipal recebeu 16 chamados desde as 10h. Sete chamados foram por causa de danos à estrutura de imóveis e quatro dizem respeito a deslizamento de encostas. Engenheiros e técnicos do órgão já atendem aos principais chamados, e não há registro de vítimas. A chuva fez com que o Aeroporto Santos Dumont chegasse a...
Leia mais

Advogados não precisam usar paletó e gravata em dezembro

O verão está chegando e os cariocas já começam a se preparar para enfrentar o calorão que em alguns dias chegam a ultrapassar os 40 graus. Pensando nisso, e atendendo a uma reivindicação antiga dos advogados, o Tribunal de Justiça do Rio mais uma vez vai dispensar o uso de terno e gravata na estação mais quente do ano. A partir do dia 1º de dezembro advogados que atuam no Estado do Rio de Janeiro estão liberados de usar terno e gravata tanto no primeiro quanto no segundo grau de jurisdição. A liberação vai até o dia 20 de março de 2020. O Ato Normativo conjunto do presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro desembargador Cláudio de Mello Tavares e do corregedor geral da Justiça desembargador Bernardo Garcez levou em conta que o Conselho Nacional de Justiça definiu que cabe a cada tribunal a regulamentação dos trajes a serem utilizados em suas dependências. ...
Leia mais

Bruno Covas: exame mostra redução de coágulo no coração

Um ecocardiograma realizado nessa sexta-feira (8) pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas, mostrou que o coágulo, detectado no átrio direito de seu coração na segunda-feira (4) , reduziu de tamanho. De acordo com boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês, onde está internado, Covas continuará sendo medicado com anticoagulante. “O quadro de saúde do prefeito Bruno Covas mantém-se estável e o paciente continua sendo medicado com anticoagulante. Ecocardiograma realizado hoje mostrou uma redução do trombo do átrio direito”, diz texto do boletim. No início da próxima semana, o prefeito passará por uma reavaliação médica antes do início da segunda sessão de quimioterapia.  No dia 30, Covas terminou a primeira sessão de quimioterapia. O tratamento teve início no dia anterior e durou cerca de 30 horas ininterruptas. No total, serão três sessões de quimioterapia. Após isso, ele será novamente avaliado pelos médicos quanto ao prosseguimento do tratamento. O prefeito foi diagnosticado com adenocarcinoma, um tipo de câncer na região do cárdia,...
Leia mais

Servidores socioeducativos do Degase suspendem greve no Rio

Os servidores do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) anunciaram nessa sexta-feira (8) a suspensão da greve, que começou na terça-feira (5). Com isso, as atividades de cuidado com menores infratores nas unidades do estado voltam à normalidade. O Tribunal de Justiça havia notificado o presidente do sindicato, João Luiz Pereira Rodrigues, para que cumprisse a determinação judicial estabelecendo o retorno da categoria ao trabalho, sob pena de ser preso, assim como os demais diretores sindicais. A greve atingiu 25 unidades do Degase. Em nota, o sindicato anunciou que vai recorrer da decisão, com o objetivo de impugnar os "argumentos inverídicos" apresentados pelo governo do estado. No texto, o sindicato diz que o movimento grevista é legítimo e cumpriu todos os requisitos legais previstos na Lei 7.783/89."Com isso, em assembleia extraordinária realizada na tarde desta sexta-feira, foi determinada a suspensão temporária da greve, e agendado um ato às 14h da próxima terça-feira (12), após a audiência de conciliação na sede...
Leia mais

Linha Amarela: Crivella vai recorrer contra suspensão de encampação

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, deve entrar com um recurso na próxima semana  contra a decisão da 6ª Vara de Fazenda Pública  que suspendeu o processo de encampação do serviço de concessão da Linha Amarela. A liminar foi dada no dia 6 de novembro em ação proposta pela Lamsa, concessionária da via. O termo encampação, no jargão jurídico, refere-se à anulação de contrato (de concessão ou de arrendamento), retornando a administração da via à prefeitura. Nesta sexta-feira, Crivella e o procurador-geral do Município do Rio, Marcelo Silva Moreira Marques tiveram uma audiência com o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, desembargador Claudio de Mello Tavares para tratar do tema e apresentar os motivos que levaram o município a encampar a Lamsa. Ao final do encontro, o desembargador informou que, tão logo o recurso seja apresentado, dará prioridade para analisar o pedido em razão da importância da via expressa para a cidade e a população...
Leia mais

dois homens no Rio são mortos e 23 presos em ação contra o tráfico

A Polícia Civil realizou nesta sexta-feira (8) uma grande operação contra o tráfico de drogas nas comunidades Santa Lúcia, Rodrigues Alves e Parada Angélica, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense (RJ). A operação, batizada de Cerberus, envolveu 300 policiais de diversas delegacias especializadas. Na ação, dois homens morreram em confronto com os policiais civis e 23 foram presos e encaminhados para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica. Os mandados de prisão foram expedidos pela Vara Criminal de Duque de Caxias. Na mitologia grega, Cerberus, era um monstruoso cão de três cabeças que guardava a entrada do mundo inferior, o reino subterrâneo dos mortos, deixando as almas entrarem, mas jamais saírem. A investigação coordenada pela Delegacia Policial de Imbariê demonstrou que, além do tráfico de drogas armado, a organização criminosa também fomentava a prática de roubos de cargas, veículos, estabelecimentos comerciais, a coletivos e a transeuntes com a finalidade de aumentar o lucro e permitir a continuidade dos domínios...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e