Estado SP

Polícia descobre fábrica clandestina de metralhadoras na Grande São Paulo

A Polícia Civil de São Paulo descobriu nessa segunda-feira (16) uma fábrica clandestina de metralhadoras em um imóvel em Ferraz de Vasconcelos, município da Grande São Paulo. Na residência, foram encontradas cinco metralhadoras em fase de montagem e várias munições, algumas de calibre .50, capazes de abater aeronaves e perfurar veículos blindados. De acordo com a polícia, um homem que estava no local foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. As investigações foram feitas por agentes do 44° Distrito Policial e a ação contou com o apoio do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic)....
Leia mais

Capital paulista registra mais de 500 casos de hepatite A, com duas mortes

O número de casos de hepatite A cresceu mais de 700% na cidade de São Paulo este ano. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até o dia 16 de setembro, foram feitas 517 notificações da doença, com duas mortes. No ano passado, houve 64 registros e nenhuma morte. De acordo com a secretaria, a maior parte dos casos ocorreu com homens com idade entre 18 e 39 anos (80% do total). Dos 517 casos da doença registrados na capital paulista, 452 eram do sexo masculino, sendo 415 na faixa etária entre 18 e 39 anos. Quase metade dos casos (237 registros) de hepatite A na cidade foi por contato sexual desprotegido. Já o contato com água ou alimentos contaminados foi responsável por 53 casos. . Conforme dados da Secretaria Estadual de Saúde, até a segunda semana de agosto, em todo o estado, foram contabilizados 394 casos de hepatite A [os números do estado são menores porque incluem apenas os casos...
Leia mais

Maioria dos professores da rede pública paulista já sofreu violência nas escolas

Mais da metade dos professores da rede pública estadual de São Paulo (51%) já sofreram pessoalmente algum tipo de violência nas escolas em que trabalham, o que representa 104 mil profissionais. No período de 2013 a 2014, o percentual era de 44%. É o que revela pesquisa do Instituto Locomotiva, feita a pedido do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp). Entre os estudantes, 802,5 mil dizem ter sofrido violência, o que representa 39% do total. Em 2013 e 2014, o índice era de 28%. Os tipos de violência sofridos nas escolas incluem agressão verbal, bullying, agressão física, furto, roubo e discriminação. Segundo a pesquisa, realizada neste mês, os professores são as maiores vítimas de agressão verbal e discriminação, enquanto os estudantes sofrem mais com bullying e agressão física. “Eu credito a causa da violência [nas escolas] ao abandono do governo do estado de São Paulo – não à escola pública e a seu prédio, que...
Leia mais

IPTU de 70% dos imóveis de São Paulo deve ser corrigido pela inflação

O prefeito de São Paulo, João Doria, anunciou nesta terça-feira (12) que não revisará a Planta Genérica de Valores (PGV), que serve como referência para calcular o valor do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU). Com isso, o IPTU de imóveis da cidade de São Paulo deve ser corrigido apenas pela inflação de cerca de 3%. As alíquotas atuais serão mantidas, assim como as travas de correção anual e as faixas de isenção. Segundo o prefeito, dos 3,4 milhões de imóveis da capital, 30% devem ter aumentos superiores influenciados pelos reajustes referentes à revisão da PGV feita em 2013. Devido a essa revisão, alguns dos imóveis tiveram o imposto reajustado em 100%, mas foram criadas travas que distribuíram esse aumento para os outros anos, como 10% anuais para pessoas físicas e 15% para pessoa jurídica. "Temos ainda um momento de transição da economia brasileira, uma transição boa, com perspectiva de terminarmos o ano um pouco melhor e para 2018 de crescimento...
Leia mais

Mesmo após debates, SP mantém nomes de ruas que lembram agentes da ditadura

Mesmo após diversos esforços e debates, a cidade de São Paulo mantém pelo menos 20 nomes de ruas, avenidas ou praças que homenageiam pessoas que cometeram violações de direitos humanos durante a ditadura militar (1964-1985). Em 2015, a prefeitura chegou a lançar um programa para substituir o nome dos agentes e colaboradores do regime. No entanto, apenas duas ações foram finalizadas. Atualmente, a Secretaria Municipal de Direitos Humanos informou que não há proposta do Executivo para promover esse tipo de alteração. Há, entretanto, alguns projetos de autoria de vereadores em tramitação na Câmara Municipal. Em 2015, o nome do Elevado Costa e Silva foi trocado para Elevado João Goulart. Assim, a via que faz ligação da região central com a zona oeste deixou de ter o nome do segundo presidente do regime ditatorial para homenagear o presidente deposto no golpe de 1964. O nome da Avenida Golbery do Couto e Silva, na zona sul, foi mudado para Rua Giuseppe Benito...
Leia mais

Em crise financeira, Hospital São Paulo deixa de atender 40 mil pacientes

Quarenta mil pessoas deixaram de ser atendidas no pronto-socorro do Hospital São Paulo (HSP), ligado à Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), entre março e junho de 2017, segundo levantamento da instituição. Em 31 de março, a unidade passou a atender apenas casos de urgência e emergência e consultas ambulatoriais devido à crise financeira da instituição. No mesmo período, 1,4 mil pacientes não puderam se internar, pois as cirurgias eletivas também estão suspensas. O hospital tem déficit de R$ 32 milhões, conforme dados de 2016, e uma dívida de R$ 160 milhões. A unidade começou a funcionar em 1940 como hospital-escola da Escola Paulista de Medicina (EPM). Em 1956, a EPM foi federalizada e, em 1994, foi transformada em universidade, a Unifesp. O hospital, por sua vez, ficou com a mantenedora Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), associação civil sem fins lucrativos, de natureza filantrópica. A instituição, que já anunciava a crise financeira em março e reivindicava mais...
Leia mais

Prefeito de Sorocaba, no interior paulista, tem mandato cassado

O prefeito de Sorocaba, José Crespo. teve o mandato foi cassado na noite de quinta-feira (24) por quebra de decoro e prevaricação, envolvendo o uso de documento falso para a nomeação de uma assessora. Em sessão extraordinária, a Câmara Municipal de Sorocaba aprovou, por 14 votos a 6, o pedido de cassação do mandato de Crespo, que é filiado ao DEM. Um relatório policial, resultado de investigação sobre os diplomas escolares da assessora do prefeito, que foi anexado ao processo, concluiu serem falsos os documentos da educação básica apresentados pela funcionária. Após a divulgação de informações sobre o uso de documento falso, o prefeito e a vice-prefeita Jaqueline Coutinho, do PTB, tiveram discussões, que terminaram com o despejo dela de sua sala do Paço Municipal. Com a cassação de Crespo, Jaqueline Coutinho assumiu a prefeitura na mesma sessão. Os vereadores analisaram dois quesitos, com a mesma votação para ambos: se o prefeito insistiu em impedir investigação sobre a escolaridade da...
Leia mais

Número de latrocínios registrados no estado de São Paulo é o maior desde 2003

O número de casos de latrocínio [roubo seguido de morte] registrados este ano no estado de São Paulo já é o maior desde 2003. O dado foi divulgado pela Secretaria Estadual de Segurança Pública. Entre janeiro e julho deste ano foram contabilizados 237 casos de latrocínio no estado, número inferior apenas ao registrado em 2003, quando foram notificados 342 casos no mesmo período. No ano passado, por exemplo, foram registrados 198 boletins de ocorrência desse tipo de crime no período de janeiro a julho. Na capital paulista, o número também cresceu, passando de 60 casos nos primeiros sete meses do ano passado para 85 no mesmo período deste ano, o maior desde 2013, quando foram registradas 88 ocorrências de janeiro a julho. Homicídios Já o número de homicídios dolosos no estado entre janeiro e julho deste ano caiu, passando de 2018 casos no mesmo período do ano passado para 1931 este ano....
Leia mais

Mais de 40% dos cigarros vendidos em São Paulo vêm do contrabando

Mais de 40% dos cigarros vendidos no estado de São Paulo são contrabandeados, segundo estimativa da Associação Brasileira de Combate à Falsificação (ABCF). Segundo estudo elaborado pela entidade, foram comercializados, no primeiro semestre deste ano, 8,7 bilhões de cigarros legalizados e 6,8 bilhões de unidades que não pagaram impostos. Com isso, o governo estadual deixou de arrecadar R$ 1,6 bilhão. Para o diretor da ABCF, Rodolpho Ramazzini, a crise econômica está impulsionando os mercados ilegais no país. “O Brasil nunca esteve em uma crise econômica como essa que faz com que os consumidores migrem para produtos mais baratos e, obviamente, contrabando, por não pagar imposto, tem um preço muito mais baixo”, ressaltou. A associação estima que outros setores também tenham índices significativos de ilegalidade. De acordo com as projeções da entidade, 45% dos produtos de confecção no estado de São Paulo vem do contrabando, no ramo das autopeças o percentual chega a 40% e entre as bebidas, 35%. Outro fator que...
Leia mais

Justiça libera cobrança diferenciada entre homens e mulheres em São Paulo

Uma liminar da 17ª Vara Federal Cível de São Paulo suspendeu a nota técnica do Ministério da Justiça que impedia a cobrança de preços diferentes entre homens e mulheres em locais como bares e restaurantes. A decisão do juiz federal Paulo Cezar Duran atendeu a um pedido da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes e vale apenas para os estabelecimentos filiados à entidade no estado de São Paulo. A Advocacia-Geral da União (AGU) informou que vai recorrer da decisão. A regulamentação impedindo diferença na cobrança foi publicada pela Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor do ministério no início de julho. A secretaria considera que cobrar preços menores para o público feminino é uma prática comercial abusiva, que afronta a dignidade da pessoa humana, por usar as mulheres como estratégia de marketing. A fiscalização da aplicação da norma deveria começar na próxima sexta-feira (5). “A distinção entre homens e mulher na hora de fazer o marketing para atrair os consumidores para aquela relação consumerista, no...
Leia mais