Últimas e Geral

Autônomo pode baixar aplicativo a partir de hoje para renda de R$ 600

A partir das 9h de hoje (7), de 15 milhões a 20 milhões de trabalhadores informais não inscritos em programas sociais poderão baixar o aplicativo da Caixa Econômica Federal que permitirá o cadastramento para receberem a renda básica emergencial.  O auxílio - de R$ 600 ou de R$ 1,2 mil para mães solteiras - será pago por pelo menos três meses para compensar a perda de renda decorrente da pandemia de coronavírus. A Caixa também lançará uma página na internet e uma central de atendimento telefônico para a retirada de dúvidas e a realização do cadastro. Detalhes como o nome do aplicativo, o endereço do site e o número da central telefônica serão divulgados pelos ministros da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e da Economia, Paulo Guedes; pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães; e pelo presidente do Dataprev, Gustavo Canuto, em evento nesta manhã no Palácio do Planalto. Deverão cadastrar-se trabalhadores autônomos não inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) e que...
Leia mais

Saúde vê possível isolamento vertical em locais pouco afetados

O Ministério da Saúde informou nesta segunda-feira que localidades onde o número de casos confirmados de coronavírus não tenha impactado mais da metade da capacidade de atendimento poderão fazer transição para um modelo de isolamento que inclui apenas pessoas do grupo de risco na próxima semana, mas ressaltou que uma eventual transição direta seria temerária. De acordo com boletim epidemiológico divulgado pelo ministério, todos as demais localidades deverão permanecer com o chamado isolamento horizontal no qual as medidas de contenção de circulação não são limitadas a grupos específicos, exigindo que todos os setores da sociedade permaneçam em casa como forma de conter o avanço do coronavírus. Na definição do ministério, os níveis de isolamento são definidos como Distanciamento Social Seletivo (DSS), que equivale ao que ficou conhecido como isolamento vertical, e Distanciamento Social Ampliado (DSA), o chamado isolamento horizontal. Há ainda uma terceira fase, chamada de bloqueio total, ou lockdown, onde ninguém tem permissão para se locomover, a não ser...
Leia mais

Pandemia da Covid-19 pode fazer ruir a zona do euro, alerta ministro francês

A pandemia da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus pode fazer ruir a moeda única da União Europeia, conforme previu nesta segunda-feira o ministro da Economia da França, Bruno Le Maire, que ainda admitiu a possibilidade do país ter a maior recessão desde o fim da Segunda Guerra Mundial. "É uma crise global. Um dos meus pontos de inquietude é a capacidade da zona do euro para resistir", admitiu o integrante do governo liderado por Emmanuel Macron, em audiência no Senado. Para Le Maire, é importante que haja uma atuação conjunta entre os países-membros da União Europeia, para evitar que cresçam as divergências econômicas entre os países, o que tornaria inviável a manutenção de uma moeda única. A crítica foi dirigida a Alemanha, por exemplo, assim como nações como economias mais sólidas, que "colocam sobre a mesa cifras astronômicas para proteger a economia local", consequentemente, ficando aptas para uma recuperação mais rápida após a crise, enquanto outras, como a Itália,...
Leia mais

Planalto avalia nomes para eventual saída de Mandetta

Entre o técnico e o político, dois nomes surgem como preferidos a substituto de Henrique Mandetta, na Saúde. Neste momento, auxiliares de Bolsonaro divergem entre Nise Yamaguchi, médica do Albert Einstein, que faz parte de um grupo de médicos de confiança de Bolsonaro ou o ex-ministro da Cidadania, Osmar Terra, que também é médico, mas político de longa data. Atualmente, Terra é deputado federal pelo estado do Rio Grande do Sul. Ele já foi secretário de Saúde em seu estado, quando o H1N1 era o pior problema da saúde. Nos últimos dias, até bateu boca nas redes em defesa do isolamento vertical, aquele em que só os grupos de risco ficam em casa. "Terra tem a objeção dos olavistas pelo passado de esquerda porque apoiou a vinda de médicos cubanos para o Brasil", afirmou uma fonte do governo sobre o pensamento do ex-ministro oposto ao de Olavo de Carvalho, conhecido por ser conservador. Esse perfil desagrada aliados mais próximos...
Leia mais

Mandetta: Congresso e STF se opõem a eventual saída

O Congresso Nacional e o STF (Supremo Tribunal Federal) são contrários a uma eventual demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM). O presidente do Senado e do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre (DEM-AP), avisou aos ministros da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, e da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM), que o Legislativo é contra a demissão e não vai digerir bem a eventual saída de Mandetta.   O STF fez sinalização similar ao Executivo. Há no Supremo uma ação que questiona o cumprimento, por parte do governo brasileiro, das medidas de contenção da pandemia do novo coronavírus definidas pela OMS, e que pode ser julgada em caso de mudança no ambiente político.   Ramos e mais dois ministros militares – os generais Braga Netto, da Casa Civil, e da Defesa, Fernando Azevedo – lideram a ofensiva dentro do Executivo para dissuadir Bolsonaro da demissão de Mandetta. A situação de Mandetta no governo ficou delicada após semanas de desentendimentos...
Leia mais

Rio de Janeiro tem 71 mortes e quase 1,5 mil casos de covid-19

O número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus chegou 1.461 no estado do Rio de Janeiro. O número de mortes chegou a 71, segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), nesta segunda-feira (6). Nas últimas 24 horas o estado contabilizou sete óbitos fatais e mais 67 casos de pessoas infectadas. Ainda há 75 mortes em investigação. Dos sete mortos, cinco foram registrados na capital, um em Belford Roxo e outro de Itaboraí. As idades das vítimas variam de 28 a 87 anos. Quatro pessoas tinham 50 anos de idade ou menos. Dos casos confirmados de doentes até agora, 1.110 estão na capital, o que corresponde a 75% do total. Em seguida, vem Niterói, com 92 casos, Volta Redonda (55), Nova Iguaçu (29), Duque de Caxias (21), Petrópolis (16), Belford Roxo (14), Itaboraí (14), São Gonçalo (13), São João de Meriti (10), Maricá (8), Teresópolis (7), Macaé (6), Mesquita (6), Magé (5), Nilópolis (4), Nova Friburgo (4), Queimados (4), Angra dos Reis (3), Barra Mansa (3), Itaguaí (3), Resende (3), Rio das Ostras (3), Barra do Piraí (2), Campos dos Goytacazes (2), Guapimirim (2),...
Leia mais

Enem: começa prazo para solicitação de isenção de taxa

Começou hoje (6) e vai até o dia 17 de abril o prazo para solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020). Além disso, no mesmo prazo, poderão ser realizadas as justificativas de ausência dos participantes inscritos que faltaram ao exame em 2019 e desejam uma nova isenção neste ano. Esses procedimentos não garantem a inscrição no Enem 2020. Todos os interessados em realizar esta edição do exame, inclusive os que tiverem as solicitações aprovadas, deverão fazer a inscrição para o Enem 2020 de 11 a 22 de maio, na Página do Participante. Pode solicitar a isenção da taxa quem cursa a última série do ensino médio em 2020 em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar; tenha cursado todo o ensino médio em escolas públicas ou como bolsista integral na rede privada, e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio; declare estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por...
Leia mais

Coronavírus: especialistas iniciam estudo com plasma sanguíneo

Um grupo de pesquisadores dos hospitais Israelita Albert Einstein e Sírio-Libanês e da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) desenvolve um estudo para verificar se a utilização do plasma de pacientes recuperados de covid-19 pode atenuar sintomas da infecção nos doentes. O plasma é a parte líquida do sangue e, nesse caso, é classificado como plasma convalescente, de acordo com o jargão de especialistas da área. De acordo com o diretor do banco de sangue do Sírio-Libanês, Silvano Wendel Neto, os cientistas propõem tratar o plasma de pacientes que apresentaram um quadro leve da infecção para ajudar aqueles que ainda estão doentes a produzir anticorpos contra o vírus. O plasma convalescente será introduzido no corpo dos pacientes enfermos mediante transfusão de sangue. O uso dessa substância segue regras estabelecidas pelos comitês de Ética em Pesquisa (CEPs), pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) e pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). "Quando a gente é infectada por qualquer...
Leia mais

Justiça determina medidas para reduzir riscos em Brumadinho

A empresa Mineração Geral do Brasil S/A (MGB) deverá tomar uma série de medidas para reduzir possíveis novos riscos na Barragem B1 do Complexo Minerário Mina Casa Branca, em Brumadinho (MG). De acordo com a decisão liminar, a empresa não poderá lançar novos rejeitos a barragem. A multa em caso de descumprimento ou atraso em relação aos prazos estabelecidos é de R$ 50 mil por dia. Também fica vetado pela decisão judicial qualquer ato de construção, operação, alteamento ou utilização da barragem, enquanto não for demonstrada a integral estabilidade e segurança da estrutura. A decisão dá 10 dias para que a MGB elabore e apresente aos órgãos competentes um plano de ação que garanta a segurança da barragem. Segundo a juíza Perla Saliba Brito, autora da sentença, as consequências de um rompimento seriam imensas e lembrou a tragédia causada pelo rompimento da Barragem de Córrego do Feijão, em 25 de janeiro do ano passado, que produziu consequências que "ainda não...
Leia mais

Alerj lança canal para denúncias pelo WhatsApp

A população do Rio de Janeiro dispõe de um novo canal para denunciar violações de direitos humanos e tirar dúvidas. Foi lançado hoje (6) pela Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) o Zap da Cidadania, canal de mensagens por meio do aplicativo WhatsApp que vai atender a população pelo número (21) 99670-1400. A presidente da comissão da Alerj, deputada Renata Souza, explica que o canal também vai receber as denúncias relacionadas ao novo coronavírus, durante este período de isolamento social e de aumento do convívio dentro de casa com privação de circulação. “Desde os temas relacionados diretamente ao novo coronavirus, até, por exemplo, os casos de violência doméstica, que tiveram aumento significativo neste período. Além disso, há casos relacionados ao acesso à saúde, e violações aos direitos humanos que estejam invisibilizadas, como casos de violência de Estado em favelas e periferias”. A equipe de atendimento manterá o sigilo do denunciante, que pode entrar...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e