Últimas e Geral

6 raças de cachorro para criar em apartamento pequeno sem ter dor de cabeça

Muitas vezes as pessoas acreditam que, para adotar animais, basta estar disponível para dar comida e água e levar passear. E, por causa desta ideia equivocada, muitos tutores se decepcionam com os animais de estimação. É que muitas vezes o cão se torna bagunceiro ou agressivo, porque não consegue viver em espaços pequenos, como os apartamentos. E é por isso que os tutores, antes de adotar, devem procurar saber se a raça desejada consegue se adaptar ao ambiente disponível. Tutores responsáveis aprendem que os animais domésticos precisam ter plenas condições para se desenvolverem. Eles precisam sim de coisas básicas como comida, passeios e brincadeiras, mas também necessitam de espaços adequados. Para viver em apartamento, por exemplo, os veterinários recomendam os cães de pequeno porte ou os de tamanho médio. Se você mora em um espaço deste e quer saber quais raças se adaptam melhor ao ambiente, nós temos algumas dicas para você. Primeiro, observe a metragem do apartamento Antes de pensar quais as raças...
Leia mais

Ministro da Educação quer lançar universidades digitais

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou nesta sexta-feira (23) que a intenção do governo é lançar um programa de universidades e institutos federais de educação digitais. De acordo com o ministro, a ideia é que boa parte da formação nessas instituições seja realizada por meio de educação à distância. A ideia ainda está em estudos no Ministério da Educação (MEC). "O nosso projeto é sim EaD [Ensino à Distância] e a gente está preparando uma universidade federal digital e um instituto federal digital. É pra lá que a gente vai caminhar", disse o ministro durante cerimônia para anunciar repasse para o programa Inovação Educação Conectada, voltado para levar internet banda larga a escolas das zonas rurais do país. O ministro não deu mais detalhes de como funcionariam as instituições, mas disse que a intenção é levar o debate ao Congresso Nacional. A ideia é alterar partes do Plano Nacional de Educação (PNE). "O Congresso é soberano e hoje eu tenho o PNE e no...
Leia mais

Maia defende uso de fundo da Petrobras para combater queimadas

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a utilização dos recursos do fundo da Petrobras para combate às queimadas na Amazônia e também para a área de educação. Maia informou que fez petição ao ministro do Supremo Tribunal federal (STF) Alexandre de Moraes para a liberação de R$ 2,5 bilhões do fundo da Petrobras, sendo que R$ 1 bilhão devem ser destinados ao combate às queimadas. O restante, R$ 1,5 bilhão, seria aplicado na área de educação. Moraes fixou prazo de 48 horas para que a Procuradoria-Geral da República (PGR), a Advocacia-Geral da União (AGU), a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e o Ministério da Economia se manifestem sobre o pedido. “Nós estamos vendo aí o governo parado em muitas áreas, inclusive na área de educação. As universidades anunciando que daqui a pouco tempo, se continuar contingenciado seus orçamentos, muitas vão parar”, disse Maia, em evento na Associação dos Advogados de São Paulo. Meio ambiente O presidente da Câmara admitiu que...
Leia mais

País gera 43,8 mil empregos formais em julho

Pelo quarto mês consecutivo, houve geração de emprego formal no país, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelo Ministério da Economia. Em julho, foi registrada a abertura de 43.820 vagas de trabalho com carteira assinada, crescimento de 0,11% em relação ao estoque de junho. O indicador mede a diferença entre contratações e demissões. O saldo positivo em julho deste ano foi resultado de 1.331.189 admissões contra 1.287.369 desligamentos. Em julho de 2018, o resultado foi melhor: com saldo positivo de 47.319. Nos sete meses do ano, foram criados 461.411 postos de trabalho (9.600.447 admissões e 9.139.036 desligamentos). Na comparação com o mesmo período de 2018, houve crescimento de 2,93%. O resultado de janeiro a julho deste ano é o melhor para o período desde 2014 (632.224). Dos oito setores econômicos, sete contrataram mais do que demitiram em julho. O saldo ficou positivo na construção civil (18.721), serviços ( 8.948), indústria de transformação (5.391), comércio (4.887), agropecuária...
Leia mais

Operação na Baixada Fluminense mira braço financeiro de milícia

Uma operação deflagrada na manhã desta sexta-feira (23) cumpre 36 mandados de busca e apreensão em imóveis explorados pela milícia na Baixada Fluminense. O objetivo é atacar o braço financeiro de um grupo paramilitar que atua em Nova Iguaçu. Participam da ação integrantes da 56ª DP (Comendador Soares); do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público; do Departamento Geral de Polícia da Baixada (DGPB); e da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). Segundo a Polícia Civil, as investigações começaram no final de junho, quando milicianos armados com fuzis invadiram diversas comunidades de Nova Iguaçu - Grão Pará, Conjunto da Marinha, Pantanal, Dom Bosco e Marapicu -, além de localidades nas margens da Estrada de Madureira. De acordo com as informações levantadas na investigação, o grupo paramilitar tem aumentado as áreas de atuação para obter mais lucro. A milícia da região explora o comércio clandestino de gás, o fornecimento clandestino de internet, TV a cabo...
Leia mais

PRF apreende carga de armas e munições em rodovia no Rio

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu um carregamento de armas e munições, hoje (23), durante uma abordagem na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Vigário Geral, zona norte do Rio de Janeiro. Foram apreendidas 47 pistolas, além de munições para diversos calibres de fuzil e pistola. Os agentes da PRF desconfiaram do motorista de uma caminhonete e decidiram abordá-lo. Com ajuda de um cão farejador, os policiais conseguiram encontrar um carregamento de 47 pistolas, 91 carregadores de pistola e cinco de fuzil, além de 60 munições para uso de fuzil. O material estava escondido em um compartimento preparado debaixo do banco traseiro. O motorista, de 48 anos, confessou que receberia R$ 5 mil para levar o armamento de Ponta Grossa, no Paraná, até São Gonçalo, na região metropolitana do Rio. O motorista foi encaminhado à Superintendência da Polícia Federal, na Praça Mauá, onde foi feito o flagrante, e levado para um presídio do estado, onde ficará à disposição da Justiça, aguardando julgamento. ...
Leia mais

Rússia envia seu primeiro robô humanoide ao espaço

A espaçonave Soyuz que carregava o robô FEDOR foi lançada do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, na quinta-feira (22). A nave espacial Soyuz também estava carregada de suprimentos alimentares e equipamentos experimentais para a Estação Espacial Internacional. O robô FEDOR, também chamado Skybot F-850, tem 180 centímetros de altura e pesa 160 quilos. O governo russo começou a desenvolvê-lo há cinco anos para uso no espaço sideral e em locais afetados por desastres. Após chegar à Estação Espacial Internacional, o robô passará por testes por cerca de duas semanas para confirmar sua funcionalidade em gravidade zero. A Rússia costumava liderar o número de lançamento de satélites mundialmente, mas tem ficado atrás dos Estados Unidos e da China depois de uma série de falhas ocorridas nos anos mais recentes. Os Estados Unidos enviaram um robô humanoide ao espaço em 2011. ...
Leia mais

Acre decreta emergência por causa de seca e incêndios florestais

A escassez de chuvas e o crescente número de focos de calor motivaram o governo do Acre a decretar situação de emergência em todo o estado. Assinado pelo governador Gladson Cameli (PP), o Decreto nº 3.869 foi publicado no Diário Oficial do estado desta sexta-feira (23). De acordo com o governo, o atual período de seca ainda deve se estender por mais três meses, causando a diminuição da umidade relativa do ar e do nível dos rios, o que potencializa os riscos de incêndios florestais. A situação também ameaça o sistema de abastecimento de água para a população. Historicamente, segundo ainda o governo, o maior número de focos de incêndios florestais é registrado durante os meses de agosto e setembro, mas os resultados já contabilizados desde o início do ano superam negativamente os verificados nos anos de 2010, 2016 e 2018, considerados os piores já enfrentados pelo estado. No texto do decreto, o governo argumenta que “as queimadas descontroladas, os incêndios florestais e as...
Leia mais

Mercosul concluiu acordo comercial com países do Efta, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta sexta-feira (23), em uma postagem no Twitter, que foram concluídas as negociações de um acordo de livre comércio entre o Mercosul (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai) e o Efta, bloco de países europeus formado por Suíça, Noruega, Islândia e Liechtenstein, que tem Produto Interno Bruto (PIB, soma de bens e serviços produzidos) de US$ 1,1 trilhão. O anúncio ocorre menos de dois meses após o Mercosul concluir o maior acordo comercial de sua história, fechado com a União Europeia em junho. O acordo com o Efta era um dos que estava em negociação nos últimos anos. Outros acordos ainda em negociação envolvem o Canadá e a Coreia do Sul. Estudo da Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que o Brasil pode ser beneficiado com redução ou eliminação de tarifas de 39 diferentes produtos nas transações comerciais com o Efta. Em nota, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) informou que o acordo será mais um passo importante...
Leia mais

BC aumentará uso de reservas internacionais para intervir no câmbio

Depois de começar a usar os dólares das reservas internacionais para intervir no câmbio, o Banco Central (BC) anunciou que ampliará a estratégia. Ao longo de setembro, a autoridade monetária vai trocar US$ 11,6 bilhões de contratos de swap (venda de dólares no mercado futuro) em circulação no mercado por recursos das reservas externas. Desde quarta-feira (21), o BC está vendendo até US$ 550 milhões por dia das reservas internacionais para segurar o câmbio. As operações são feitas de forma conjugada com swaps cambiais reversos (compra de dólares no mercado futuro) no mesmo valor, para manter a posição cambial (confronto entre os contratos cambiais e os dólares comprados e vendidos) da autoridade monetária. Até o início desta semana, o Brasil possuía US$ 388 bilhões em reservas internacionais, que funcionam como um seguro para o país em momentos de choques externos. O BC usava exclusivamente os contratos de swap cambial para atuar no mercado futuro e segurar o dólar em momentos de volatilidade. Esse tipo de operação...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e