Curiosidades

Como foi a morte de Jesus, segundo a ciência

Religiosidade à parte, poucos duvidam que tenha vivido há 2 mil anos um homem chamado Jesus, em parte do que hoje é Israel. E que ele foi um judeu dissidente que acabou liderando um grupo de seguidores. Sua atuação acabou incomodando o Império Romano. E, às vésperas da Páscoa judaica, ele acabou condenado, torturado e morto por crucificação — uma prática de pena capital comum na época. Depois de sua morte, seguidores se encarregaram de espalhar seus ensinamentos. Terminava a história e começava o mito, a religião, a teologia. Essa transição ocorreu principalmente graças a um profícuo escritor da época, pioneiro da Igreja Cristã e autor de muitos textos que hoje estão na Bíblia: Paulo de Tarso (c. 5-67). Na década de 50 do primeiro século da nossa era, cerca de 20 anos depois da morte de Jesus, ele produziu sete cartas cujos textos sobreviveram ao tempo. "Nessas cartas reparamos que há uma mudança de enfoque. Paulo não mais trabalha com o...
Leia mais

Arqueólogos descobrem fábrica de cerveja ‘mais antiga do mundo’ no Egito

Arqueólogos no Egito desenterraram o que pode ser a mais antiga fábrica de cerveja conhecida do mundo, com cerca de 5 mil anos. Uma equipe de pesquisadores egípcios e americanos descobriu o local em Abydos, um antigo cemitério no deserto. Eles encontraram várias unidades contendo cerca de 40 potes usados ​​para aquecer uma mistura de grãos e água usada para fazer cerveja. A cervejaria provavelmente remonta à era do rei Narmer, de acordo com o Conselho Supremo de Antiguidades do Egito. A empresa afirma acreditar que a descoberta foi "a mais antiga cervejaria de alta produção do mundo". O rei Narmer governou o Egito há mais de 5 mil anos. Ele fundou a Primeira Dinastia e é considerado como responsável pela unificação do Egito. A cervejaria consistia em oito grandes áreas, cada uma com 20 metros de comprimento. E cada uma continha cerca de 40 potes de cerâmica dispostos em duas fileiras, de acordo com Mostafa Waziry, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades do...
Leia mais

Começa o Ano do Boi no Calendário chinês

Depois do rato, vem o boi, que, na cultura chinesa, é um signo atribuído ao trabalho. Entre as superstições associadas ao Ano Novo Lunar, que começa nesta sexta-feira (12) é recomendado não lavar ou cortar o cabelo no primeiro dia e usar a cor vermelha, para garantir prosperidade. O Ano Novo corresponde a 4719 e termina em 31 de janeiro de 2022. No calendário chinês, os anos são dedicados a animais - 12 -, que se intercalam: rato, boi, tigre, coelho, dragão, serpente, cavalo, carneiro, macaco, galo, cão e porco (ou javali). Pela segunda vez, o novo ano é marcado pela pandemia do novo coronavírus. O governo da China apelou às famílias para que celebrem de forma virtual. Mas as iluminações de lanternas e a ida a templos atraem muitas pessoas às ruas. Thierry Chow, mestre de feng shui residente em Hong Kong, explica que, embora o animal seja um boi, o metal é predominante no novo ano lunar. Esse elemento representa qualquer coisa brilhante, desde joias...
Leia mais

Morcego-dourado-filipino, pode chegar ao tamanho de um ser humano

Imagine se deparar com um morcego de um metro de altura, e entre 1,5 e 1,7 metro de comprimento com as asas abertas. Essa visão assustadora é comum para moradores da zona rural das Filipinas, próxima a florestas tropicais, que já estão acostumados com a presença do morcego-dourado-filipino. Além do tamanho, o Acerodon jubatus - nome científico do animal - tem outras características impressionantes. Devido a sua estrutura corporal grande e forte, o morcego pode voar a até 1.100 metros de altura e percorrer 40 quilômetros. Ele recebe o nome de ‘dourado’ devido à cor de sua pelagem: a cabeça loura e o restante do corpo com pêlos escuros. A espécie também é conhecida pelos filipinos como “raposa voadora”, por conta do tamanho e o formato do focinho, semelhante aos das raposas. Apesar de parecer assustador, a espécie é quase inofensiva para seres humanos. O animal possui uma alimentação frugívora, ou seja, se alimenta apenas de frutas - nada de sangue de...
Leia mais

Bíblia Sagrada tem livro erótico: Cântico dos Cânticos

No livro "TerraFutura: Dialoghi con Papa Francesco sull'Ecologia Integrale", uma coletânea de entrevistas do jornalista Carlo Petrini com o papa Francisco lançada neste mês na Itália, o líder máximo da Igreja Católica diz: "O prazer vem diretamente de Deus. Não é católico, nem cristão, nem nada parecido — é simplesmente divino". "O prazer de comer serve para manter uma boa saúde, da mesma forma que o prazer sexual serve para embelezar o amor e garantir a continuidade da espécie. O prazer de comer e o prazer sexual vêm de Deus", afirma o papa. Se declarações assim podem causar estranhamento aos conservadores católicos, vale ressaltar que a própria Bíblia Sagrada tem um livro erótico. Cântico dos Cânticos, que consta do Antigo Testamento, é o único poema das escrituras que celebra o amor sexual. Ou, nas palavras do professor de hebraico Robert Bernard Alter, da Universidade da Califórnia, em seu livro The Art of Biblical Poetry, trata-se de um texto sobre "dois...
Leia mais

Zenóbia, a ‘rainha guerreira’ descendente de Cleópatra que desafiou o Império Romano

No século 2, o Império Romano atingiu sua maior extensão, abrangendo grande parte da Europa, Oriente Médio e Norte da África. Um dos lugares mais importantes deste vasto império era a cidade de Palmira, na então província da Síria. Palmira tinha localização estratégica, entre o Mar Mediterrâneo, a oeste, e o Rio Eufrates, a leste. Isso a tornava parada obrigatória para caravanas viajando na Rota da Seda, que ligava o Oriente à Europa, o que acabou trazendo grande prosperidade à cidade. No século 3, Palmira havia se tornado uma das cidades mais ricas do Império Romano. Também teve grande importância militar, pois servia de barreira contra seu arqui-inimigo, o vizinho Império Persa (ou Império Sassânida, como era chamado naquele período). Palmira se tornou tão poderosa que, aproveitando uma das piores crises do Império Romano, no ano 268, decidiu se insurgir e criar seu próprio império. Essa façanha foi liderada por uma mulher: Zenóbia, a rainha regente de Palmira. Zenóbia, conhecida por sua cultura e habilidade...
Leia mais

Qual é o futuro do sexo?

Por que fazemos sexo? Muitas respostas provavelmente vão mencionar a reprodução da espécie. O sexo é a principal forma de gerar um bebê. Mas e se deixarmos de lado a questão da procriação? Desde o nascimento do primeiro "bebê de proveta" do mundo em 1978, cerca de 8 milhões de pessoas nasceram de fertilização in vitro. E esse número pode aumentar muito no futuro, à medida que as ferramentas para identificar riscos genéticos em embriões se tornam mais sofisticadas. "Minha previsão mais consolidada é que, no futuro, as pessoas ainda farão sexo – mas não tanto com o objetivo de gerar bebês", diz Henry T. Greely, autor do livro The End of Sex and the Future of Human Reproduction (O Fim do Sexo e o Futuro da Reprodução Humana, em tradução livre). "Daqui a 20 a 40 anos, a maioria das pessoas com um bom plano de saúde no mundo todo escolherá engravidar em um laboratório." O livro de Greely analisa alguns desafios legais e...
Leia mais

Adeus ao plástico de vez! Copos e xícaras feitos com resíduos de café

Estima-se que mais de 8 milhões de toneladas de resíduos plásticos cheguem aos mares do mundo a cada ano. Isso equivale a jogar um caminhão cheio de plástico no oceano a cada minuto, de acordo com o World Wide Fund for Nature. O plástico é considerado um dos maiores poluidores que afetam os ecossistemas e os esforços precisam ser concentrados em reduzir seu uso e substituí-lo por outras opções. E já existem várias alternativas ecológicas para dizer adeus ao plástico e reduzir os danos que causamos ao nosso planeta. Uma delas foi criada por Julian Lechner, um jovem alemão que criou xícaras sustentáveis ​​feitas a partir de resíduos de café. Copos e xícaras feitos com resíduos de café Depois de anos de testes, Lechner conseguiu criar a Kaffeeform, uma xícara sustentável e resistente, feita com resíduos de café. O jovem ainda produziu copos de outros tamanhos, até mesmo com tampas, que facilitam o transporte Em tons escuros e com um leve aroma de café torrado,...
Leia mais

Coronavírus: conheça 5 chás que podem melhorar a imunidade

Fortalecer a imunidade é fundamental para se prevenir de doenças, visto que organismos expostos estão mais suscetíveis a vírus e bactérias. Em épocas de pandemias como o coronavírus, é essencial procurar hábitos saudáveis que possam melhorar o funcionamento do corpo. Antes de qualquer dica, é importante lembrar-se de que os chás não oferecem um tratamento ao COVID-19, nem devem ser utilizados como remédio sem a devida orientação médica. Não substituem uma averiguação profissional, nem são garantia para qualquer segurança frente ao coronavírus. As ervas e raízes selecionadas, têm efeito na promoção de uma vida mais saudável no dia a dia. Vamos conhecer um pouco mais sobre elas? Gengibre O gengibre é um rizoma muito rico em vitamina B6, potássio, cobre e magnésio. Dessa maneira, favorece o fortalecimento do sistema imunológico. O gengibre também tem efeitos positivos sobre o intestino. Nesse sentido, há estudos da Universidade de Minnesota (EUA) indicando que os principais compostos do alimento podem prevenir o câncer. Além disso, estimula...
Leia mais

Quem foi São Jorge?

Ele é provavelmente o terceiro santo mais popular do catolicismo e cristianismo ortodoxo, atrás da Virgem Maria e seu conterrâneo e contemporâneo São Nicolau de Mira – mas só porque esse vem a ser o Papai Noel. São Jorge é padroeiro de Portugal, Inglaterra, Canadá, Alemanha, Grécia, Lituânia, Etiópia, Malta, Palestina e (essa é fácil) Geórgia. O Rio de Janeiro pode ter como padroeiro São Sebastião, mas o santo do coração é o Jorge – um pouco por causa da Umbanda, que relaciona o santo ao orixá Ogum. Sem esquecer do Corinthians. A lenda Santo guerreiro, nascido na Capadócia, morto pelo imperador Diocleciano, matador de dragão, ele sangrava leite, fez imagens e exércitos pagãos explodirem, levantou um homem da tumba para batizá-lo, foi cortado em pedaços, carbonizado, enterrado e ressuscitou. É, as lendas vão longe. Mas tudo o que você leu depois da palavra “santo” é incerto. Sabemos que São Jorge era popular no século 5, e que já era mais...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e