Curiosidades

Zenóbia, a ‘rainha guerreira’ descendente de Cleópatra que desafiou o Império Romano

No século 2, o Império Romano atingiu sua maior extensão, abrangendo grande parte da Europa, Oriente Médio e Norte da África. Um dos lugares mais importantes deste vasto império era a cidade de Palmira, na então província da Síria. Palmira tinha localização estratégica, entre o Mar Mediterrâneo, a oeste, e o Rio Eufrates, a leste. Isso a tornava parada obrigatória para caravanas viajando na Rota da Seda, que ligava o Oriente à Europa, o que acabou trazendo grande prosperidade à cidade. No século 3, Palmira havia se tornado uma das cidades mais ricas do Império Romano. Também teve grande importância militar, pois servia de barreira contra seu arqui-inimigo, o vizinho Império Persa (ou Império Sassânida, como era chamado naquele período). Palmira se tornou tão poderosa que, aproveitando uma das piores crises do Império Romano, no ano 268, decidiu se insurgir e criar seu próprio império. Essa façanha foi liderada por uma mulher: Zenóbia, a rainha regente de Palmira. Zenóbia, conhecida por sua cultura e habilidade...
Leia mais

Qual é o futuro do sexo?

Por que fazemos sexo? Muitas respostas provavelmente vão mencionar a reprodução da espécie. O sexo é a principal forma de gerar um bebê. Mas e se deixarmos de lado a questão da procriação? Desde o nascimento do primeiro "bebê de proveta" do mundo em 1978, cerca de 8 milhões de pessoas nasceram de fertilização in vitro. E esse número pode aumentar muito no futuro, à medida que as ferramentas para identificar riscos genéticos em embriões se tornam mais sofisticadas. "Minha previsão mais consolidada é que, no futuro, as pessoas ainda farão sexo – mas não tanto com o objetivo de gerar bebês", diz Henry T. Greely, autor do livro The End of Sex and the Future of Human Reproduction (O Fim do Sexo e o Futuro da Reprodução Humana, em tradução livre). "Daqui a 20 a 40 anos, a maioria das pessoas com um bom plano de saúde no mundo todo escolherá engravidar em um laboratório." O livro de Greely analisa alguns desafios legais e...
Leia mais

Adeus ao plástico de vez! Copos e xícaras feitos com resíduos de café

Estima-se que mais de 8 milhões de toneladas de resíduos plásticos cheguem aos mares do mundo a cada ano. Isso equivale a jogar um caminhão cheio de plástico no oceano a cada minuto, de acordo com o World Wide Fund for Nature. O plástico é considerado um dos maiores poluidores que afetam os ecossistemas e os esforços precisam ser concentrados em reduzir seu uso e substituí-lo por outras opções. E já existem várias alternativas ecológicas para dizer adeus ao plástico e reduzir os danos que causamos ao nosso planeta. Uma delas foi criada por Julian Lechner, um jovem alemão que criou xícaras sustentáveis ​​feitas a partir de resíduos de café. Copos e xícaras feitos com resíduos de café Depois de anos de testes, Lechner conseguiu criar a Kaffeeform, uma xícara sustentável e resistente, feita com resíduos de café. O jovem ainda produziu copos de outros tamanhos, até mesmo com tampas, que facilitam o transporte Em tons escuros e com um leve aroma de café torrado,...
Leia mais

Coronavírus: conheça 5 chás que podem melhorar a imunidade

Fortalecer a imunidade é fundamental para se prevenir de doenças, visto que organismos expostos estão mais suscetíveis a vírus e bactérias. Em épocas de pandemias como o coronavírus, é essencial procurar hábitos saudáveis que possam melhorar o funcionamento do corpo. Antes de qualquer dica, é importante lembrar-se de que os chás não oferecem um tratamento ao COVID-19, nem devem ser utilizados como remédio sem a devida orientação médica. Não substituem uma averiguação profissional, nem são garantia para qualquer segurança frente ao coronavírus. As ervas e raízes selecionadas, têm efeito na promoção de uma vida mais saudável no dia a dia. Vamos conhecer um pouco mais sobre elas? Gengibre O gengibre é um rizoma muito rico em vitamina B6, potássio, cobre e magnésio. Dessa maneira, favorece o fortalecimento do sistema imunológico. O gengibre também tem efeitos positivos sobre o intestino. Nesse sentido, há estudos da Universidade de Minnesota (EUA) indicando que os principais compostos do alimento podem prevenir o câncer. Além disso, estimula...
Leia mais

Quem foi São Jorge?

Ele é provavelmente o terceiro santo mais popular do catolicismo e cristianismo ortodoxo, atrás da Virgem Maria e seu conterrâneo e contemporâneo São Nicolau de Mira – mas só porque esse vem a ser o Papai Noel. São Jorge é padroeiro de Portugal, Inglaterra, Canadá, Alemanha, Grécia, Lituânia, Etiópia, Malta, Palestina e (essa é fácil) Geórgia. O Rio de Janeiro pode ter como padroeiro São Sebastião, mas o santo do coração é o Jorge – um pouco por causa da Umbanda, que relaciona o santo ao orixá Ogum. Sem esquecer do Corinthians. A lenda Santo guerreiro, nascido na Capadócia, morto pelo imperador Diocleciano, matador de dragão, ele sangrava leite, fez imagens e exércitos pagãos explodirem, levantou um homem da tumba para batizá-lo, foi cortado em pedaços, carbonizado, enterrado e ressuscitou. É, as lendas vão longe. Mas tudo o que você leu depois da palavra “santo” é incerto. Sabemos que São Jorge era popular no século 5, e que já era mais...
Leia mais

Oculudentavis: menor dinossauro do mundo, é encontrado em âmbar de 99 milhões de anos

Cientistas descobriram o menor dinossauro já encontrado. A nova espécie foi descrita por uma pessoa da equipe como o "fóssil mais estranho" em que ela já trabalhou. O espécime, encontrado no norte de Mianmar, consiste em um crânio de pássaro preso em um âmbar de 99 milhões de anos. Em artigo na revista científica Nature, os pesquisadores relatam que o dinossauro teria o tamanho semelhante ao de um beija-flor abelha — o menor pássaro existente. A descoberta impressionante pode lançar luz sobre como os pequenos pássaros evoluíram a partir dos dinossauros, que geralmente eram bem maiores. Enquanto os menores dinossauros, como o Microraptor — que era parecido com um pássaro —, pesavam centenas de gramas, o beija-flor abelha, por exemplo, pesa apenas 2 gramas. "Os animais que se tornam muito pequenos precisam lidar com problemas específicos, como encaixar todos os órgãos sensoriais em uma cabeça muito pequena ou manter o calor do corpo", afirmou o professor Jingmai O'Connor, da Academia Chinesa de Ciências...
Leia mais

Dia Internacional da Mulher: a origem operária do 8 de Março

Muitas pessoas consideram o 8 de Março apenas uma data de homenagens às mulheres, mas, diferentemente de outros dias comemorativas, ela não foi criada pelo comércio - e tem raízes históricas mais profundas e sérias. Oficializado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975, o chamado Dia Internacional da Mulher é comemorado desde o início do século 20. Hoje, a data é cada vez mais lembrada como um dia para reivindicar igualdade de gênero e com protestos ao redor do mundo - aproximando-a de sua origem na luta de mulheres que trabalhavam em fábricas nos Estados Unidos e em alguns países da Europa. Elas começaram uma campanha dentro do movimento socialista para exigir seus direitos - as condições de trabalho delas eram ainda piores que as dos homens à época. A origem da data escolhida para celebrar as mulheres tem algumas explicações históricas. No Brasil, é muito comum relacioná-la ao incêndio ocorrido em Nova York no dia 25 de março de 1911 na...
Leia mais

Descoberto o primeiro animal que pode viver sem oxigênio

Durante anos, os cientistas acreditaram que o oxigênio era uma das bases fundamentais para a vida animal. E realmente é, embora existam alguns microorganismos, como bactérias, que podem viver em ambientes anaeróbicos — algo até agora impensável para organismos multicelulares. No entanto, uma equipe de cientistas descobriu um pequeno parasita que não precisa respirar. A descoberta não apenas muda a maneira como entendemos a vida em nosso planeta, mas também pode sugerir novos caminhos para a busca por vida extraterrestre. De acordo com um estudo publicado esta semana na revista científica americana PNAS, o Henneguya salminicola vive nos tecidos do salmão e evoluiu de tal maneira que não precisa mais de oxigênio para produzir energia em seu metabolismo. "Nossa descoberta mostra que a respiração aeróbica, uma das vias metabólicas mais importantes, não é onipresente entre os animais", afirma uma pesquisa liderada pela Universidade de Tel Aviv. Até agora, acreditava-se que todas as plantas e animais usavam oxigênio para gerar um combustível chamado trifosfato de adenosina...
Leia mais

Iemanjá: a divindade de origem africana que se transformou em ‘mulher branca’ no Brasil

"Dois de Fevereiro, dia da Rainha / Que pra uns é branca, pra nóiz é pretinha", canta Emicida, na música 'Baiana', lançada em 2015, em referência à Iemanjá, divindade cultuada no Brasil como Rainha do mar. Quase seis décadas depois de o baiano Dorival Caymmi gravar Dois de Fevereiro anunciando querer "ser o primeiro a saudar Iemanjá" na tradicional festa realizada anualmente na orla de Salvador e em dezenas de outras cidades do país, o rapper paulista celebrou a data trazendo para a música o debate que tem crescido nos terreiros de candomblé e umbanda: qual a cor dessa divindade que chegou ao Brasil com as religiões de negros escravizados, mas passou a ser predominantemente representada aqui como uma mulher branca, magra, de cabelos lisos, em um vestido azul? Para historiadores e seguidores das religiões afrobrasileiras, o que aconteceu com a representação de Iemanjá — orixá associado a rios e mares, símbolo da fertilidade, e que originalmente não era reverenciado...
Leia mais

Feito de ar: alimento pode competir com a soja e a carne

Cientistas finlandeses que estão produzindo uma proteína "a partir do ar" dizem que a substância poderá competir com a soja dentro dos próximos dez anos. A proteína é feita com bactérias provenientes do solo e alimentadas com hidrogênio extraído da água por eletrólise. Os pesquisadores dizem que, se a eletricidade utilizada no processo vier de fontes solares ou eólicas, a comida poderá ser produzida com quase zero emissão de gases causadores do efeito estufa. Se o sonho deles for concretizado, isso poderia combater muitos dos problemas associados à agricultura. Quando visitei a fábrica piloto da Solar Foods, nos arredores de Helsinki, no ano passado, os cientistas estavam arrecadando dinheiro para expandir as atividades. Agora, eles dizem que atraíram 5,5 milhões de euros em investimentos, e preveem — a depender do preço da eletricidade — que seus custos serão equivalentes ao da produção da soja até o fim da década — talvez até em 2025. Falta de sabor? Comi alguns grãos de sua preciosa farinha proteica...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e