Cultura

Morre atriz e cantora Jane di Castro, no Rio de Janeiro

Considerada uma das pioneiras da representatividade transexual nos palcos do país, a atriz e cantora Jane di Castro morreu na noite de ontem (22), aos 73 anos, segundo a Direção do Hospital Federal de Ipanema (HFI), em decorrência de complicações de um câncer. De acordo com o hospital federal, Jane Di Castro havia sido submetida a um procedimento cirúrgico no dia 8 de setembro e teve alta no dia 16 do mesmo mês. No dia 14 de outubro, porém, ela voltou a ser internada, devido à piora no seu estado de saúde. A direção do hospital informa que, desde então, ela estava sob tratamento medicamentoso, mas não foi possível reverter o avanço da doença. Trajetória Jane estreou nos palcos em 1966, quando participou do musical Les girls em Op Art, no Teatro Dulcina. Ao longo de sua carreira, a artista trabalhou com grandes nomes das artes cênicas e da música brasileira, como Bibi Ferreira e Ney Latorraca. Em uma entrevista ao programa Atos,...
Leia mais

Secretaria de Cultura do Rio lança editais para Lei Aldir Blanc

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro (Sececrj) lançou seis editais para a utilização de recursos da Lei 14.017, conhecida como Lei Aldir Blanc, com regras para socorro à cultura de todo o país. “Nós já temos o compromisso, com esses editais lançados, de cerca de R$ 52 milhões de recursos no mercado cultural, para socorro emergencial”, disse a secretária de Cultura, Danielle Barros. À exceção do CulturaPresenteRJ, que visa à premiação de técnicos da cultura e economia criativa, voltado para pessoas físicas, os demais cinco editais são específicos para pessoas jurídicas e contemplarão a produção cultural, o apoio a circos, o apoio a pontos de cultura, o fomento de festivais regionais e à formação de plateia em equipamentos culturais. A secretária Danielle Barros disse que o primeiro passo para participação dos interessados nos editais é acessar o site da secretaria e conhecer o regulamento. “A ideia é que eles possam se apropriar deste edital”. A secretaria responderá às...
Leia mais

A volta das rodas de samba, no Rio

Há seis meses, as rodas de samba tiveram que parar por força da pandemia e pelo decreto municipal, mas a prefeitura do Rio prometeu rever a decisão. A mudança de postura veio após protesto de músicos, cantores, produtores culturais e apaixonados pelo samba. Na fase 6B da flexibilização, foram autorizadas casas de show, música ao vivo em bares e restaurantes e até festas em locais fechados, como casamentos e formaturas, todos ainda com restrição de público. Porém, a administração manteve suspensas boates, quadras de escolas de samba e as rodas, que ocorrem por todo o município. Uma das mais tradicionais, a Pedra do Sal, deve retornar já nesta segunda-feira (5), de acordo com um dos organizadores, o DJ Jefinho. A Pedra do Sal fica na região conhecida como “Pequena África”, considerada um dos berços do samba urbano carioca.Jeffinho foi um dos críticos da proibição mantida na última quinta-feira e agora revertida. Ele destaca que o samba é sustento para famílias de...
Leia mais

A rainha Tomiris começa a conquista da Europa pela Espanha

A lendária rainha nômade Tomiris, personagem histórica da Ásia Central nos séculos 5 e 6 antes de Cristo, superou o obstáculo da pandemia da Covid-19 e iniciará na Espanha a conquista da Europa, no filme do cineasta cazaque Akhan Satayev. "O primeiro país europeu a confirmar o interesse em exibir nosso filme foi a Espanha. Estou confiante de que o filme também será exibido na América Latina", disse o diretor. Segundo os produtores, a obra é sobre "a rainha que nasceu para dar grandeza à estepe", formação vegetal de planície com poucas árvores, peculiar da região Uma história comovente O drama histórico "Tomiris", produção lançada no fim de 2019 - mas que só agora chegará ao circuito internacional, atraso devido ao impacto da pandemia -, conta a história da rainha dos massagetas, tribos da Ásia Central, que habitam onde hoje estão o sul do Cazaquistão, Afeganistão, Turcomenistão e Afeganistão. Tomiris se destacou pela vitória sobre o rei persa Ciro, o Grande, que...
Leia mais

Anitta vê lado pessoal em “Me Gusta”

A cantora Anitta, que lançou na sexta-feira o clipe oficial da música "Me Gusta", em parceria com a americana Cardi B. e com porto-riquenho Myke Towers, disse em uma entrevista à Agência Efe que vê um lado pessoal do single, que fala sobre atração e relações sexuais entre mulheres. "Não canto nada que eu mesma não faça. Eu sou abertamente bissexual e nunca quis fazer um espetáculo com isso. Posso estar com um homem, com uma mulher, com duas, três, cinco, seis pessoas. Uma festa! Defendo essa liberdade", afirmou a artista, que já tinha escrito a música há dois anos e gravado o vídeo junto com Towers em Salvador, em 2019. Desde então, o projeto havia caído no esquecimento, até o empresário de Anitta convencê-la a escutar "Me Gusta" novamente, desta vez com a participação de Cardi B., uma lembrança que ainda a deixa com lágrimas nos olhos. Anitta revelou que sempre quis trabalhar com Cardi B., mas que não imaginava...
Leia mais

Editais preveem estímulo de R$ 1 milhão para setor cultural do Rio

Estão abertos três editais da Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro (Funarj), que destinam mais de R$ 1 milhão para pessoas físicas e jurídicas do setor cultural no estado. As inscrições podem ser feitas até o dia 28 de outubro, pelo site da fundação. O Prêmio Montagem Teatral vai contemplar dez projetos originais e inéditos, de temáticas livres, nas modalidades adulto e infanto-juvenil, de grupos, companhias ou artistas independentes do estado. Cada projeto receberá R$ 60 mil, além de 40% das verbas de bilheteria das apresentações no Teatro Glaucio Gill, em Copacabana; no Teatro Arthur Azevedo, em Campo Grande; no Teatro Armando Gonzaga, em Marechal Hermes; e no Teatro Mário Lago, na Vila Kennedy. Já o edital Ondas da Cultura premiará trabalhos artísticos inéditos a serem captados em formato de vídeo para exibição no canal da Funarj no YouTube dos segmentos de Artes Cênicas, Música, Solo Musical, Dança e Oficina de Dança, com 20 contemplados em cada categoria. Podem...
Leia mais

Academia define requisitos de diversidade para candidatos a melhor filme do Oscar

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que promove o Oscar, anunciou, nessa terça-feira (8), uma série de diretrizes detalhadas sobe inclusão e diversidade que os cineastas terão que cumprir para que seu trabalho seja elegível ao prêmio de melhor filme a partir de 2024. O órgão afirmou que os novos padrões representam o início de uma nova fase, com um esforço para promover a diversidade dentro e fora das telas. As novas regras estabelecem quatro padrões de representatividade, dos quais ao menos dois devem ser seguidos para que produções cinematográficas sejam elegíveis ao prêmio de melhor filme a partir de 2024. As outras categorias seguirão com os critérios de elegibilidade atuais. "Acreditamos que esses padrões de inclusão serão um catalisador para uma mudança essencial e duradoura em nosso setor", disse o presidente da Academia, David Rubin, e a executiva-chefe Dawn Hudson, em um comunicado conjunto. As críticas à Academia se intensificaram em 2016 com a subida da hashtag #OscarsSoWhite nas redes...
Leia mais

MAM põe reproduções de suas obras em pontos de ônibus

O Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) começou a colocar reproduções de obras do seu acervo em 140 pontos de ônibus da capital paulista. No centro da cidade, as obras também serão projetadas em edifícios. A ação, com trabalhos de 16 artistas brasileiros, ocorrerá por duas semanas.  Serão mostradas obras emblemáticas de artistas como Amélia Toledo, Bárbara Wagner, Berna Reale, Cildo Meireles, Cláudia Andujar, e José Antônio da Silva. Também poderão ser vistos os trabalhos de Maureen Bisilliat, Mário Cravo Neto, Mídia Ninja, Nelson Leirner, Regina Silveira, Rosana Paulino, Rosângela Rennó, Tarsila do Amaral, Tomie Ohtake e Waltércio Caldas Ao lado das reproduções nas paradas de ônibus, serão disponibilizados QR Codes, que podem ser lidos pela maioria dos aparelhos celulares. A partir da leitura do QR Code, o espectador será direcionado para um podcast no Spotify. Nos áudios, personalidades como Gilberto Gil, Arnaldo Antunes e Laerte Coutinho fazem breves locuções da história dos trabalhos exibidos, dos artistas, o contexto histórico em que foram criados e...
Leia mais

Mostra Internacional de Cinema em SP será feita por streaming este ano

Por causa da pandemia do novo coronavirus, o maior e mais tradicional evento de cinema de São Paulo - a Mostra Internacional de Cinema, será realizada por streaming este ano, ou seja, de forma remota e online. O evento ocorre entre os dias 22 de outubro e 4 de novembro. A plataforma exclusiva para a Mostra de Cinema ainda será criada pela empresa Festival Scope/Shift 72, responsável também pela plataforma dos festivais de Toronto e Tribeca. O ingresso para cada filme custará R$ 6, mas haverá alguns títulos disponibilizados de forma gratuita pelas plataformas do Cinesesc e da SPCine. Neste ano, a Mostra apresentará uma edição menor, com cerca de 150 títulos, mas continuará sua tradição de exibir filmes de diversos países. Para esta edição já foram selecionados filmes da Alemanha, Argentina, Bolívia, Canadá, China, Estados Unidos, França, Líbano, Japão, Portugal, Síria, Noruega, México, Irã, Palestina, entre outros.  Segundo a organização da Mostra, haverá projeções de filmes em formato drive-in, em que as pessoas, dentro de seus...
Leia mais

Orquestra Sinfônica Brasileira celebra 80 anos de existência

A Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) comemora nesta segunda-feira (17) 80 anos de existência. Por causa da pandemia de covid-19, a celebração será feita por meio de concertos em vídeo divulgados nas redes sociais. O plano inicial para comemoração das oito décadas de existência da OSB se baseava em uma Temporada 2020 festiva, com destaque para a música brasileira e os artistas nacionais, tendo a história da instituição como fio condutor das atividades. Em função da pandemia, o projeto precisou ser alterado. “O isolamento nos proporcionou a possibilidade de inovarmos – o que já é uma tradição da OSB. Adaptamos nossa programação para o formato digital, pois acreditamos que o cenário ainda não oferece a segurança sanitária necessária para voltarmos à rotina de ensaios e concertos presenciais”, disse, em nota, a diretora geral da Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira, Ana Flavia Cabral Souza Leite. “Sabemos que nada substitui a experiência de estar em uma sala de concerto, mas estamos trabalhando no sentido de...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e