Mulheres Empreendedoras

Jovens no meio empresarial, por que tê-los por perto?

A iniciativa ainda sofre resistência por parte de algumas empresas, mas essa relação pode ser bastante benéfica para ambas as partes. Todos os cargos, em qualquer área, podem ser beneficiados com a capacitação do jovem. Afinal, nele podem ser incutidos os valores nos quais sua empresa acredita. Estagiários e aprendizes têm o vigor de quem está iniciando a carreira e o ímpeto por realizar diferentes tarefas com o desejo de crescer. Aspectos importantes para ter a galera jovem no meio empresarial: 1 – Outras perspectivas Estamos em um momento em que as informações trafegam em segundos de um ponto a outro do globo e que as tendências mudam num piscar de olhos. Nesse contexto, é difícil imaginar que uma organização que esteja presa em fazer tudo sempre igual consiga se manter no mercado a longo prazo. Nesse ponto, entra a principal vantagem de contratar jovens para os quadros da corporação. Estagiários estão em busca de oportunidades para empregar aquilo que estão aprendendo, assim...
Leia mais

O seu blá blá blá precisa ter mais valor

Conversando este final de semana com um grupo de amigas, percebi que sonhar é válido e falar sobre o sonho é necessário, mas realizar é essencial. O realizar sonhos não está apenas na idealização do sonho, mas sim no comprometimento com a palavra. Você consegue perceber o que estou explicando? É neste contexto que ouvimos aquela frase: "Não conte seus sonhos a ninguém." Mas, por que não contar? Te explico melhor: O não contar o sonho para as pessoas, não é porque irão invejar, colocar "olho gordo", mas sim pela frustração de não conquistar e depois ouvir das pessoas que você fracassou. Preste atenção: Por que você fracassou? Não foi o tal "olho do mal" que te impediu. Foi apenas o seu estímulo que não estava tão aguçado o suficiente para esta batalha. Você não foi atrás com garra de realizar seus sonhos e ao mesmo tempo não cumpriu sua palavra de conquistar. Percebeu? Prefiro acreditar neste provérbio: Tudo...
Leia mais

Sentir-se incapaz: pode ser normal?

Pequenos desastres e acontecimentos que não estavam no cronograma podem fazer com que você comece a pensar coisas ruins sobre si próprio, não é mesmo? Não importa quantas horas você trabalhou na última semana, seu chefe continua lhe criticando. Sua família e amigos insistem em lembrá-lo que você não atingiu as expectativas que eles esperavam. Olhar as redes sociais virou uma prova de que os outros são mais capazes que você. Sem contar aquelas pessoas que estão vivendo somente para apontar os seus erros e que você passou a crer em tudo o que elas falam. Além disso você passou a acreditar que não é bom o suficiente para o seu trabalho ou para exercer tarefas do dia a dia, como ir ao supermercado ou consertar o chuveiro. Afinal, o que são esses sentimentos? Isso tem prejudicado o seu bem-estar? Vamos ver o que os psicólogos falam a respeito desse tema. Sentir-se inferior não irá te ajudar em nada, então supera, troque o foco e...
Leia mais

Como ter uma relação saudável com o trabalho?

Todavia, segundo psicólogos, cruzar a linha entre o saudável e o não saudável quando se trata da vida profissional é muito fácil. Assim como tudo na vida, o trabalho se desdobra em elementos positivos e negativos. Por um lado, temos o sucesso profissional, a satisfação e o crescimento pessoal e intelectual. Por outro, temos o estresse, o burnout e a sobrecarga da carga horária. Os profissionais idealmente trabalhariam dia após dia tanto para concluir as suas demandas quanto para encontrar o equilíbrio entre esses elementos. Infelizmente, não é bem isso que acontece na realidade. Uma pesquisa do ISMA-BR (Internacional Stress Management Association) identificou que 32% dos trabalhadores brasileiros sofrem com sintomas da Síndrome de Burnout. Esta patologia é resultado do excesso de estresse proveniente do trabalho. Em 2022, ela passou a incorporar a Classificação Internacional de Doenças (CID-11), elevando a importância de se ter uma relação saudável com o trabalho para não ficar doente. Bom relacionamento no trabalho trás um bom desempenho na produção da empresa e na...
Leia mais

Motivação no trabalho: Algumas formas de se manter motivado

Algumas vezes nos sentimos desmotivados no trabalho, principalmente quando as tarefas são muitas, a remuneração é baixa, ou simplesmente porque nossa mente não está lidando 100% em alinhamento com nossos objetivos profissionais. Assim, nos sentimos péssimos, com vontade de desistir de tudo, e começamos a deixar nossas responsabilidades de lado, e o serviço fica incompleto e perdemos a produtividade. A ajuda de um psicólogo certamente será útil para ajudar a entender onde está sua carreira profissional, para onde ela está indo e para onde você entende que ela deveria ir. Contudo, reunimos algumas dicas que ajudam muito a manter a motivação sempre elevada no trabalho. 1- Faça pausas O ideal é que a cada uma hora de trabalho você pause por 10 minutos. Pode parecer besteira, mas um descanso, por mínimo que seja, pode surtir muito efeito na sua produtividade e motivação. É importante, no entanto, aproveitar esses 10 minutos com sabedoria. Faça uma coisa diferente em cada pausa, experimente coisas novas e evite o ciclo...
Leia mais

Aprenda a driblar pessoas invejosas no trabalho com categoria

Talvez um dos sentimentos mais complexos que temos para lidar no trabalho e fora dele, seja a inveja. Um misto de desejo e ódio é internalizado por quem sente inveja e se reflete de diversas maneiras. Costuma-se dizer que ela faz mais mal para pessoas invejosas do que para as invejadas. No entanto, a psicologia alerta que evitar conflitos na vida pessoal e profissional é fundamental para o sucesso e a qualidade de vida. Quando falamos de pessoas invejosas no ambiente de trabalho, é crucial redobrar o cuidado e buscar desenvolver um relacionamento saudável com esse tipo de pessoa. Não significa que seu colega sentirá inveja de você o tempo todo. Mas em situações específicas ele pode querer estar no teu lugar e por não conseguir lidar com isso, irá prejudicar, direta ou indiretamente, sua carreira. O crescimento profissional ou reconhecimento da chefia costuma ser um gatilho para despertar a inveja de colegas. Acaba assim ocorrendo um movimento natural de afastamento e rixas, pois o sentimento de inveja fará...
Leia mais

Como construir uma marca pessoal capaz de mobilizar milhares de pessoas numa rede social em prol da ideia do empreendedorismo?

Seja grande: Sonhe alto Só no Instagram são mais de 280 seguidores da página dele, repleta de conteúdos sobre autoconhecimento voltados a outros empreendedores acostumados a quebrar a cara e dar a volta por cima. Este empresário já fez um pouco de tudo na vida, na lista estão ofícios como a apresentação de um programa de televisão. Em 2015, sem perspectivas na televisão, começou a lavar carros em Salvador em condomínios de luxo. De lá para cá, montou o seu negócio e expandiu a área de atuação para serviço de estofados residenciais e passou a crescer pelo sistema de franquia. No início de 2018, em função de disputas com franqueados, uma debandada faz o negócio perder 70% do faturamento. Segundo o empresário, foi preciso começar praticamente do zero. Na segundo semestre do mesmo ano, a receita já havia superado o momento pré-crise. Atualmente, a suas receitas anuais na casa de 25 milhões de reais e vem mantendo crescimentos de dois dígitos em 12...
Leia mais

Contratação de lideranças femininas mais que dobra em 2021

Conquistando sonhos na liderança Um número crescente de mulheres na liderança de empresas de todos os setores no Brasil éstá promovendo várias expectativas. Segundo pesquisa exclusiva da consultoria de recrutamento holandesa Randstad, as contratações de especialistas e líderes saltou de 2020 para 2021: a contratação cresceu 168%. A pesquisa com mais de 700 empresas brasileiras também mostra um recorte étnico-racial, com um aumento de 115% na contratação de mulheres negras no mesmo período. Hoje, as mulheres representam cerca de 37.1% dos cargos de liderança. Quando falamos de alta liderança, apenas 26% desses cargos são ocupados por mulheres. O aumento da liderança feminina pode ajudar a tornar as empresas mais competitivas. Isso acontece, principalmente, devido ao impacto comercial que a diversidade pode gerar para os negócios. De acordo com o estudo, cerca de metade do público consumidor tem mais inclinação para consumir de marcas que adotem a diversidade. Portanto, investir em políticas afirmativas e ampliar o número de líderes mulheres pode...
Leia mais

Por que mentir para o cliente é uma péssima ideia

Vendedor Pinóquio O mercado está muito mais exigente e o cliente não se ilude com argumentos fracos e frases prontas. Não basta dizer que seu produto é melhor que o da concorrência, é preciso dizer quais são os benefícios daquilo que se está propondo ao cliente para atender suas necessidades. Mentir então, nem pensar. Existem vários fatores que contribuem para que um profissional feche um contrato: capacidade investigativa, uma boa argumentação, agilidade no atendimento, um serviço ou produto de qualidade que atenda as necessidades dos clientes e, principalmente, credibilidade. Alguns perfis de vendedores não são mais aceitos e essa mudança aconteceu há muito tempo. Normalmente, essas pessoas adotam atitudes, como a mentira, que possuem um efeito contrário e afastam os compradores. Vendedores que utilizam a mentira, em alguns casos, são despreparados, e isso faz com que digam coisas inadequadas. No passado, como o cliente não tinha tanto acesso como hoje, vendedores bons de papo até conseguiam vender, mas hoje o mercado mudou e...
Leia mais

Mulher x Homem: Diferenças no Mercado de Trabalho

Há um tempo atrás falamos sobre assédio moral. Foram tantos comentários e participações que resolvi aprofundar o tema, agora focando em assédio sexual, que também é moral, mas com implicações diferentes, começando pela lei: “O assédio sexual passa a ser previsto no artigo 216 A do Código Penal, que estabelece: ‘Constranger alguém com intuito de levar vantagem ou favorecimento sexual,prevalecendo-se o agente de sua forma de superior hierárquico,ou ascendência inerentes a exercício de emprego,cargo ou função.(…)’”, de 20 de maio de 2001. O Brasil é o quinto país no ranking mundial de feminicídios e o Espírito Santo ocupou recentemente o 1º lugar no ranking nacional nesse crime. Usar da sexualidade para constranger e principalmente persuadir é mais do que assédio, pois utiliza de concepções e crenças muito antigas e paradigmas que não cabem mais numa sociedade tão conectada e que se diz moderna. Estive em uma palestra no mês passado, onde uma Coordenadora de apoio da ONU, discursava sobre alguns...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e