Mensagem da Semana

Autocontrole

Controlar as situações difíceis e ter capacidade para suportar com naturalidade as situações de máximo estresse é um desafio a ser encarado de frente. Para desenvolver a habilidade de autocontrole e otimizar o controle das suas emoções,  utilize de alguma estratégia comportamental como por exemplo: tome as decisões importantes em momentos de lucidez e não quando você estiver de mal-humor; aprenda a frear as reações negativas, contar até 10 já começa a resolver, ou peça para que alguém te ajude a se controlar; no momento em que for dizer algo repentinamente, coloque um gole de água ou outro líquido qualquer em sua boca e não engula; aspire o ar com profundidade e prenda em seu peito e então solte-o devagar, repetindo esse procedimento várias vezes, mas faça isso de forma discreta quando estiver na presença de pessoas. Potencialize sua habilidade interpessoal com os demais, assim você entenderá os pontos-de-vista dos outros, o que lhe ajudará a compreender melhor suas reações...
Leia mais

Sucesso nos negócios

O comprometimento é algo que todos querem que as pessoas tenham quando são contratadas e/ou convidados a realizarem qualquer atividade, seja profissional ou social.  Para termos uma chance de alcançarmos sucesso em nossos negócios, o  comprometimento é um ponto fundamental. O comprometimento inicia-se conosco mesmo. Inicia-se na capacidade que temos de relacionar com integridade e coerência. Isso faz com que as pessoas se comprometam e cooperem conosco. Para isso é preciso estabelecer constantemente o espírito da confiança. Devemos buscar sempre potencializar alguns pontos: analisar as situações em que houve um descomprometimento com alguma tarefa, para localizar as causas e eliminá-las no futuro; informar aos outros quando não poderemos cumprir com uma tarefa, para não perder nossa credibilidade; reconhecer nossos erros perante os demais; habituarmos a fazer planejamento para diminuir retrabalhos. Devemos agir de acordo com o que pensamos e falamos. Essas atitudes nos conduzem ao sucesso de nossos negócios.   ...
Leia mais

Atenção

Um coelho muito incomodado ao ver uma águia com ar tranquilo, sentada no topo de uma árvore sem nada fazer, resolve perguntar a ela: “posso ficar sentado como você ou é exclusividade sua”? A águia responde: “fique tranquilo... desfrute como quiser...” O coelho então sentou-se embaixo da mesma árvore e ficou tranquilo como a águia e pensava: “que vidão, eu também mereço ficar sem nada fazer e tranquilão...” De repente, sem notar o que acontecia, dá um grito e percebe que já estava sendo devorado por uma raposa. Para ficarmos sentados sem nada fazer e tranquilos, devemos estar primeiramente no topo!   ...
Leia mais

Contextos

MUDANÇAS... não são poucas e intensas, que se intercruzam, questionando, abalando o que está instituído e, somente, estamos prestes a entrar na  segunda década deste século! CRISE... de identidade, de valores, de conceitos, de crenças, de referências, de rumos. Esses contextos por vezes, nos posiciona num mundo sem referências, sem rumos. Dificulta o exercício da liderança de si mesmo e do grupo responsável por resultados empresariais.  DESAFIOS... de entender mais ainda nossa CULTURA INDIVIDUAL (regras, normas, conceitos, pré-conceitos, crenças. De expandir nossa VISÃO(como estou vendo e sentindo a mim e o mundo que se interage comigo). De tornar flexível nossos COMPORTAMENTOS ( ações e reações à pessoas, fatos, coisas e situações). Tempo de buscar alcançar novos paradigmas, novos sentidos, outras lógicas, para obter os resultados desejados junto e com as pessoas. ...
Leia mais

Dimensões da personalidade humana

As necessidades do ser humano não se restringem a coisas materiais porque ele é habitante de dois planos: um imaterial e outro físico. Existem duas dimensões da personalidade humana que trabalha incessantemente para satisfazer suas necessidades: a alma(habitante do mundo imaterial) e o ego(habitante do mundo físico). Dizemos que o foco de nossa consciência está na dimensão do ego, quando centramos nossas motivações na segurança física (sobrevivência), a necessidade de ser admirado, aceito e de pertencimento a grupos(relacionamentos), a necessidade de respeito e reconhecimento (autoestima), essenciais para manter a estabilidade interna do ego. Quando essas necessidades são satisfeitas, não sentimos uma satisfação duradoura, mas ficamos ansiosos (estresse causado por medos de baixa intensidade) se eles não são satisfeitos. Abraham Maslow chamou essas necessidades de básicas. Quando o foco da nossa consciência está na dimensão da alma, temos a motivação para encontrar significado ou propósito em nossa existência (coesão interna), a necessidade de realizar esse significado ou propósito (fazer a diferença) e a necessidade...
Leia mais

Martelo e pregos

As pessoas possuem todos os recursos de que precisam.Trata-se apenas de como fazer as coisas. Qualquer comportamento, por mais louco ou bizarro que pareça, é a melhor escolha disponível para a pessoa, em dado momento, de acordo com seu modelo de mundo. Se o que você faz não funciona, faça diferente. Se o que está fazendo não leva ao resultado desejado, varie o comportamento(flexibilidade) até conseguir evocar a resposta desejada.  Se você continuar fazendo o que sempre fez, continuará obtendo o que sempre obteve. Experimente novos comportamentos. Você já deve ter conhecimento dessa afirmativa: se a sua única ferramenta é o martelo, todos os seus problemas serão pregos. ...
Leia mais

O segredo de boas conquistas

No momento em que surgem coisas interessantes a sua frente, não terás possibilidade de tê-las para si. Para obtermos coisas melhores na vida é necessário soltar as coisas vãs que estamos cuidadosamente apegados. Uma das piores coisas que apegamos e não queremos soltar são nossos sentimentos de orgulho, de raiva, de inveja, de prepotência, que nos impede de pegar o perdão e o amor. O que nos faz sofrer é o que está ligado ao nosso ego e não a verdadeira Vida que conhecemos com o nome de Deus. Segurar estes sentimentos em nosso ego nos causa o sentimento de infelicidade. Por outro lado, a atitude de acomodamento em nossas vidas também é um ato gerador de sofrimento devido à tendência de ficarmos esperando as coisas melhorarem. Que coisas e que melhoras? E, quanto mais facilidades temos de conquistar coisas, mais nos acomodamos e ao mesmo tempo, queremos que tudo seja cada vez mais e mais e ficamos só...
Leia mais

Com que moeda pagar a conta?

Todos nós sabemos que se sentarmos em um restaurante para fazer uma refeição teremos que pagá-la por ela ter um preço. Não achamos ruim em pagar. Da mesma forma, não se come de graça no restaurante chamado Vida. A quantidade contida no prato chamado “felicidade”, é fornecida de acordo ao preço que você paga. Se pagar o suficiente por antecipação, uma boa quantidade com sabores maravilhosos lhe serão servidos. O pagamento significa contribuir espontaneamente para a felicidade dos outros, com a moeda chamada AMOR. Quem pensa apenas em ser bem tratado e alimentado, sem nunca contribuir, possui mente de mendigo ou ladrão.   ...
Leia mais

Problemas… No rol de soluções encontre a melhor

Problemas somente existem porque antes existem um rol de soluções. Deixar guiar-se somente pela sua intuição pode ajudar a livrar-se de um problema rapidamente, quando há escassez de tempo, e ajuda a melhorar sua capacidade de criação. Porém, isso não é tudo e não garante decisões acertadas. É preciso aprender a pensar intuitivamente, como um "efeito helicóptero", que significa ver as coisas de cima com uma certa distância. É preciso também visualizar as faces  do problema para aquilatar suas nuances. Quando estamos envolvidos diretamente em um problema/situação é o mesmo que olhar uma casa pelo portão. Vemos apenas a fachada.  Precisamos entrar e andar em todos os cômodos para conhecer de fato a casa. Para resolver um problema que pode até ser óbvio, encontre mais de uma solução. Quando tiver que explicar situações complexas, crie o hábito de dissecar as informações, identificando o ponto-chave, para aqueles que estão envolvidos de alguma forma nele. ...
Leia mais

A Arte do Encontro

Entre os seres humanos existe um abismo responsável pela arte do desencontro. São as diferenças dos sentimentos, das percepções de si e do mundo, das emoções, dentre outras variáveis, relacionadas às expectativas das realizações de seus desejos. É preciso construir uma ponte que chamode confiança, para que a arte do encontro entre os seres humanos se efetive. Construir a ponte e, os passos para a sua travessia, são a cordialidade, a atenção total ao outro, a verdade como valor no diálogo, a clareza de expressão, o saber lidar com os sentimentos de contrariedade, a auto-abertura e o saber ouvir como princípios fundamentais nas inter-relações.   ...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e