Culturalizando

Quando o vírus se torna humano

Estamos na metade da quarentena e já nos encontramos num tédio só. Muitas pessoas dizem que já fizeram de tudo em casa. Será mesmo? Existe tanta coisa para se fazer em casa.  Primeiro a interação com a família, que é salutar nesse momento. Tem também a organização da casa, que vem desde a arrumação do guarda roupa até as gavetas. Aquele quarto que serve de escritório e que você está sempre deixando para o próximo feriado, bem, é chegada a hora. Organizar sua coleção de cds e dvds também pode ser uma boa opção para amanhã. Feito tudo isso, que tal agora tomar um banho, se higienizar e sentar para assistir a um bom filme ou uma série. Selecionar os filmes que pretende ver e ainda não teve tempo. Fazer aquela maratona com a série que você está querendo ver faz um tempo e o mesmo não se faz presente para o evento. Se não consegue ficar muito tempo sentado...
Leia mais

Depois da tempestade… a lição

Como pode a vida mudar de uma hora para outra. Acho que ninguém em sã consciência imaginaria o que estamos vivendo. Lembro-me que semana passada estava aqui escrevendo sobre cultura e hoje, bem, hoje estamos falando sobre cultura novamente. Só que desta vez de uma forma bem diferente. É verdade, pois com a pandemia do coronavírus (COVID-19) tomando conta do planeta, chegando ao Brasil e mudando por completo toda forma de vida na Terra. Com certeza depois que passar esse turbilhão não seremos mais os mesmos. E espero que a mudança seja para melhor. Um melhor entendimento da vida como um todo. Torço para que esse dia chegue o mais rápido possível. Começou na China e rapidamente se espalhou pela Europa e agora nas Américas. Tendo o epicentro na região da Itália, com um número assustador de vítimas fatais, essa pandemia é uma das piores já conhecidas no planeta. É muito triste ver pessoas agindo como se estivessem num...
Leia mais

Sexta-Feira 13 ou Saci-Pererê?

Voltando ao assunto da semana passada, percebo que precisaremos de vários textos em várias semanas para colocar em dia todos os problemas que nossa cultura vive. Desde a época do descobrimento, dos índios, bem,  enfim, desde sempre procuramos um meio de aniquilar, destruir e acabar com a nossa história, nossa cultura. Como já disse aqui, pobre do povo que ignora sua origem, sua cultura. Vivemos num país que prefere admirar e vivenciar culturas de outros povos em detrimento da nossa. O que nos faz parecer um povo sem personalidade. É verdade que não é todo mundo, mas o pouco que se importa ainda é uma parcela pequena e não faz diferença diante do todo. Valentine's day e Halloween são algumas das datas que hoje aqui também merecerem comemorações. Dia de São Valentim ou Valentine's day, é comemorado nos países de língua inglesa e representa uma crença inglesa muito antiga diz que é o dia em que os pássaros escolhem...
Leia mais

DNA cultural: A falta que isso faz

Olá pessoal! Estou de volta para falar sobre cultura. Isso mesmo, um assunto pouco comentado por todos nós, é verdade, mas nunca é tarde para consertarmos um erro. Erro esse que vem de longe, e sei que muitos podem atribuir vários fatores a esse descaso. E quem pensa logo na política como alavanca para uma cultura pouco difundida e alastrada pela população não deixa de ter razão. Penso que vários fatores levam ao mesmo ponto, só que a política está vidente há vários anos nesse processo. Vivemos alguns processos políticos ao longo das últimas décadas e em todos eles o comprometimento do governo com uma política cultural de massa foi deixado de lado como se não fosse algo que eleva e determina a qualidade de um povo. Alguns projetos mal acabados de investimentos e incentivos ficaram no meio do caminho e nada mais. Incentivos fiscais que favoreceram alguns em detrimento de outros. O novo não teve vez...
Leia mais

Feliz ano novo de novo!

Finalmente o ano está começando agora. Foram mais de 70 dias na expectativa e na preparação de projetos tipo "fazer uma dieta", "trocar de emprego", "criar meta anual", etc. A verdade é que no Réveillon sempre ouvimos as pessoas comentando que depois do carnaval eu vou fazer isso ou aquilo... E não são poucas as pessoas que pensam dessa forma. Talvez um inconsciente coletivo nos leva a ter esse tipo de proposta no início do ano. E eu me pergunto: O que nos leva a esse pensamento? Bem, sinceramente eu não consigo obter uma resposta coerente. Muitos poderão dizer que esses dias que antecedem o carnaval acabam por se perder, devido as pessoas que já começam o ano pensando no feriadão do carnaval (isso por que costuma ser prolongado em até 10 dias) em programar e organizar essas miniférias. Outros por que o mundo business só funciona após essa data. E existe aquele grupo que, independente da...
Leia mais

Verão com frio no Rio e Antártica moderada

Passamos uma semana atípica no Rio de Janeiro. Em pleno verão carioca uns dias mais frios que o normal para a época. Digo frios porque a temperatura chegou a 20º C e isso pra mim é como se eu tivesse ligado o ar condicionado e deixado na brisa. Mas o que foi que aconteceu? Vêm as primeiras teorias científicas e a mídia trata de explicar. Hoje em dia temos uma quantidade enorme de experts em tempo na televisão. O engraçado é que 99% são mulheres, novas e lindas que atraem a atenção das pessoas (sua maioria homens) para saber como será o dia seguinte. No passado tínhamos um problema muito grande em relação ao tempo. As previsões nunca eram certas. Quantas vezes ouvi a garota do tempo dizer que "amanhã fará sol o dia inteiro e a noite será clara" e eu saía à vontade e de repente no meio da tarde uma chuva torrencial caís sobre...
Leia mais

Menu de hoje: A volta do jantar

Há anos atrás escrevi aqui mesmo no jornal sobre o comportamento humano diante da modernidade e tecnologia. Estou falando dos anos 80 e lá se vão longos anos. A onda era o walkman. As pessoas colocavam os fones nos ouvidos e viviam num mundo paralelo, onde tudo era perfeito e possível. Com o passar dos anos mais pessoas aderiram esse acessório que vinha em várias cores e modelos. Eu mesmo tive alguns e adorava ouvir minha playlist ou as rádios que tocavam as músicas do momento. É , já existiram rádios que tocavam só sucessos. Veio os anos 90 e com a popularidade dos cds (compact disc) houve mais um avanço tecnológico e a moda era o discman. Você colocava um cd dentro e ouvia as músicas que gostava. Eu me lembro que na época eu tinha um cd, o do filme "Pulp Fiction" - Tempo de violência, e ele vivia dentro do meu aparelho. Ouvia direto....
Leia mais

Não era o Godzilla… era apenas a P70

Imagine eu aqui escrevendo a coluna de amanhã e de repente me deparo com uma plataforma da Petrobrás invadindo as areias da praia e levando um perigo eminente de danificar ou mesmo derrubar o prédio onde moro. Imagem de um cinema catástrofe que renderia milhões em bilheteria, mas só que não, isso aconteceu de verdade.  Não foi comigo. Mas aconteceu enquanto eu escrevo essa coluna. Aconteceu na praia de Boa Viagem, aqui em Niterói. Recebi um vídeo com as imagens assustadoras de uma quase tragédia. A plataforma P70 ficou à deriva durante o temporal que caiu na cidade de Niterói na noite passada, dia 30. [caption id="attachment_112344" align="alignleft" width="169"] Foto tirada por um morador de Boa Viagem, Niterói.[/caption] No vídeo percebe-se que ela se aproximou bastante da orla e por pouco não causou um estrago. Informações que chegam é que ela estava fazendo manobras e duas das tês âncoras arrebentaram devido a forte chuva que caía no momento. A...
Leia mais

Que a Muralha segure o vírus

O ano mal começou e já vivemos o pânico de uma nova epidemia vinda da China. E eu que pensava que a China só exportava pastéis e produtos de 1,99. Esse tal Coronavírus realmente pode se tornar uma ameaça assim como tempos atrás foi a gripe suína, dengue, chikungunya, entre outras mazelas. E como podemos nos preparar para que o pior não aconteça? Eu sinceramente não sei. E duvido que alguém saiba. A verdade é que estamos vivendo tempos difíceis e provadores. Muita gente ainda não se deu conta disso. Tanta coisa ruim acontecendo e os homens ainda tentando descobrir quem tem aquilo mais roxo que o outro. Doenças já radicadas voltando em grande escala, catástrofes e crises que pensávamos ter acabado, sempre a nos rondar. Muito complicado esse início de 3º milênio. Temos que repensar tudo que estamos fazendo com as nossas vidas e com a terra. Me lembro que quando eu era pequeno ouvia minha mãe dizer que...
Leia mais

Dando um “Rewind” na cultura

Estamos numa onda de homenagens póstumas a celebridades que fizeram história na nossa cultura. A Rede Globo nos últimos anos tratou de nos brindar no inicio de cada ano com algumas produções que merecem destaque. Vimos algumas macro e micro séries que sem dúvida nenhuma ficarão gravadas nas mentes dos apaixonados por uma boa história. "Dalva & Erivelton", "Gonzaga, de Pai pra filho", "Tim Maia, vale o que vier", "Elis, viver é melhor que sonhar", " Maysa, quando fala o coração", "Dercy de verdade" são algumas das histórias contadas que nos fez conhecer um pouco mais da vidas desses personagens maravilhosos que marcaram as nossas vidas de alguma forma. Atualmente tivemos algumas novas séries que na verdade são filmes reeditados para o formato de micro série, tais como "Hebe" e "Chacrinha" que ficaram ótimas. Faz algum tempo que a televisão brasileira não nos presenteava com projetos interessantes como esses de contar para a massa a vida e a arte...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e