Castillo, de extrema esquerda, se consolida como vencedor do 1º turno no Peru

O candidato de extrema esquerda Pedro Castillo se consolidou como o mais votado no primeiro turno das eleições presidenciais realizadas no domingo no Peru, obtendo até o momento 16,29% dos votos válidos com 52,14% da apuração concluída.

Atrás do professor escolar, que protagonizou uma arrancada nas últimas semanas, três candidatos de direita disputam a segunda posição, que garante a presença no segundo turno: o economista Hernando de Soto, a ex-congressista Keiko Fujimori e o empresário Rafael López. Em briga apertada, De Soto conta com 13,49% dos votos, enquanto Fujimori soma 12,89% e López, 12,88%. EFE

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e