Casamento gay voltará a ser votado no Congresso do Chile por discrepâncias

O projeto de lei que historicamente permitiria casamento igualitário no Chile deve novamente passar pelas duas câmaras do Congresso devido a discrepâncias entre os membros mais conservadores do Parlamento, o que forçou a iniciativa a ser revista nesta segunda-feira em uma comissão especial.

O processo foi estendido na última terça, quando deveria ter acontecido a votação final, mas o processo parlamentar foi desviado para uma comissão formada por senadores e deputados que afinaram alguns detalhes de seu conteúdo. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e