Casa Branca diz que não defende mudança de regime na Rússia

O senador Lindsey Graham, um republicano da Carolina do Sul, pediu que alguém na Rússia "tire esse cara", referindo-se a Putin

A Casa Branca não está defendendo a mudança de regime na Rússia, disse a porta-voz do presidente Joe Biden nesta sexta-feira (4), depois que um senador dos Estados Unidos defendeu que os russos assassinassem o presidente Vladimir Putin.

“Não estamos defendendo a morte do líder de um país estrangeiro ou a mudança de regime. Essa não é a política dos Estados Unidos”, disse a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, a repórteres.

O senador Lindsey Graham, um republicano da Carolina do Sul, pediu que alguém na Rússia “tire esse cara”, referindo-se a Putin. Reuters

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e