Boric diz que não espera convenção constituinte “a serviço” do novo governo

O presidente eleito do Chile, o deputado de esquerda Gabriel Boric, disse que não espera que a convenção que redige a nova Constituição se coloque a serviço do governo, após a primeira reunião oficial com a mesa diretora do órgão, à qual ele prometeu “apoio institucional”.

“Não espero em nenhum caso uma convenção partidária, a serviço de nosso governo, porque ela não corresponde. A convenção vai além da situação atual”, disse a jornalistas Boric, que aos 35 anos de idade se tornou o candidato presidencial mais jovem e mais votado da história do Chile. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e