Bolsonaro diz que Sachsida tem carta branca para mexer na Petrobras

Desde que o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, assumiu, integrantes do alto escalão da pasta cogitam uma possível saída de José Mauro Ferreira, que assumiu no mês passado

Em declaração a jornalistas neste domingo (15), o presidente Jair Bolsonaro (PL) evitou falar em saída do atual presidente da Petrobras. No entanto, afirmou que o atual ministro de Minas e Energia tem autonomia para fazer qualquer alteração na petrolífera.

“O Sachsida e todos os ministros, desde o início, tem carta branca sem exceção [para fazer qualquer alteração]. Obviamente, qualquer mexida vai conversar comigo. Mas confio 100% no Sachsida e tenho certeza de que ele será um bom ministro. Assim como o Bento [Albuquerque] foi. Mas, por uma questão pessoal, pediu para sair”, ressaltou Bolsonaro.

Desde que o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, assumiu, integrantes do alto escalão da pasta cogitam uma possível saída de José Mauro Ferreira, que assumiu no mês passado.

“Para haver total sintonia com a equipe, será necessário trocar o atual presidente da Petrobras. Isso é fato”, relatou na condição de anonimato uma fonte do Ministério de Minas e Energia.

CNN

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e