Bolívia condena declarações de Bolsonaro sobre Jeanine Áñez

O governo da Bolívia condenou nesta terça-feira a recente manifestação do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, sobre a situação da ex-presidente interina boliviana Jeanine Áñez, e anunciou que fará uma queixa diplomática, por considerar as declarações “impertinentes” e uma “ingerência”.

O ministro das Relações Exteriores da Bolívia, Rogelio Mayta, concedeu entrevista coletiva para responder a fala de Bolsonaro, que prometeu oferecer asilo político para a ocupante da chefia de governo após a renúncia de Evo Morales. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e