Biden nomeia primeira mulher para chefiar braço militar dos EUA

Ela substituirá o almirante Karl Schultz, que atua como comandante desde 2018

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, nomeou a almirante Linda Fagan para comandar a Guarda Costeira norte-americana e se tornar a primeira líder militar feminina de um braço das Forças Armadas norte-americanas.

“Sua liderança e integridade são inigualáveis”, disse Biden em um tuíte anunciando a indicação.

Fagan, que atualmente serve como vice-comandante da Guarda Costeira, precisa ser confirmada no cargo pelo Senado. 

Ela substituirá o almirante Karl Schultz, que atua como comandante desde 2018.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e