Biden chama Putin de “criminoso de guerra”

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, respondeu à classificação do presidente dos Estados Unidos dizendo que é uma “retórica inaceitável e imperdoável”

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, chamou o presidente da Rússia, Vladimir Putin, de “criminoso de guerra” nesta quarta-feira (16), enquanto o ataque à Ucrânia se intensifica.

“Acho que ele é um criminoso de guerra”, disse Biden a repórteres após comentários na Casa Branca.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, respondeu à classificação do presidente dos Estados Unidos dizendo que é uma “retórica inaceitável e imperdoável”, de acordo com a agência de notícias Tass.

A designação do presidente norte-americano reflete uma mudança em relação à postura anterior do governo. Autoridades, incluindo Biden, já haviam parado de dizer que crimes de guerra estavam sendo cometidos na Ucrânia, citando investigações em andamento sobre se esse termo poderia ser usado.

Mas os oficiais também deixaram claro que acreditam que “atrocidades estão em andamento” e que o ataque intencional a civis constituiria crimes de guerra.

“As observações do presidente falam por si mesmas”, pontuou a secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, mais tarde. Ela disse que Biden estava “falando com o coração” e que a investigação no Departamento de Estado sobre crimes de guerra ainda está em andamento.

Joe Biden inicialmente disse “não” quando perguntado se Putin era um criminoso de guerra, mas imediatamente retornou a um grupo de repórteres para esclarecer a fala. Quando perguntado novamente se Putin era um criminoso de guerra, ele respondeu afirmativamente.

*com informações da Reuters

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e