Bento XVI pede desculpas por abusos e erros ocorridos dentro da igreja

O papa emérito Bento XVI pediu perdão nesta terça-feira e afirmou sentir dor pelos abusos e erros ocorridos durante o tempo em que exerceu diferentes funções na Igreja Católica.

A declaração foi feita através de uma carta, publicada depois da divulgação de um relatório sobre os abusos sexuais cometidos contra menores de idade na Alemanha, em que é afirmado que Bento XVI soube de quatro casos de pedófilos na igreja, quando era arcebispo de Munique. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e