Barbados se propõe a ser o primeiro país insular livre de produtos fósseis

A primeira-ministra de Barbados, Mia Mottley, disse nesta quarta-feira que o plano de seu país até 2030 é tornar-se o primeiro Estado insular livre de fósseis, a fim de contribuir para o combate às mudanças climáticas.

“O objetivo é chegar a zero. Isso se consegue com investimentos, energia renovável e com a transição para o uso de veículos elétricos”, disse Mottley, durante seu discurso na cúpula virtual “Diálogo de alto nível sobre ação climática nas Américas”. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e