Aumenta tensão na fronteira entre Polônia e Bielorrússia

Os milhares de migrantes que estão concentrados na fronteira entre a Polônia e a Bielorússia não se conformam com a situação e continuam a tentar entrar, por qualquer meio, em território europeu.

Nesta terça-feira (16), houve alguns atos de violência, até mesmo o arremesso de pedras em direção às forças de segurança polonesas.

O incidente levou a polícia da Polónia a usar canhões de água e gás lacrimogêneo contra as pessoas que estão do lado bielorrusso.

A União Europeia acusa o regime de Alexander Lukashenko, da Bielorrússia, de instrumentalizar os migrantes. A escalada de violência agrava a emergência humanitária.

Milhares de pessoas, com crianças pela mão, continuam encurraladas na linha de fronteira entre os dois países.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e