Atlético já está na semifinal do Mineiro

Com a vitória, o Atlético chegou aos 22 pontos

O Atlético-MG venceu nesse domingo (6), manteve a liderança do Campeonato Mineiro e se classificou às semifinais em grande estilo. De virada, com gols de Hulk e Ademir, esse aos 51 minutos do segundo tempo, o Galo derrotou o rival Cruzeiro por 2 a 1, em partida válida pela nona rodada e disputada no Mineirão. Vitor Roque abriu o placar para o time celeste.

Com a vitória, o Atlético chegou aos 22 pontos, com três a mais do que o Cruzeiro e os mesmos 19 do Athletic. A Raposa, porém, está em terceiro lugar –uma posição atrás do time de São João del Rei por causa do saldo de gols menor (9 a 7).

O clássico entre Atlético e Cruzeiro foi disputado sob a sombra da morte de mais um torcedor após uma briga horas antes do jogo, ocorrida no bairro Boa Vista, a cerca de 11 quilômetros do estádio. No Mineirão, porém, não houve registro de conflitos entre o público de 53.328 pessoas.

Este é o único clássico garantido entre os rivais em 2022, pois, pelo terceiro ano seguido, os times estão em divisões diferentes, com o Cruzeiro na Série B. Foi assim em 2020, quando o Atlético também venceu por 2 a 1, em um cenário bem parecido, com um gol nos acréscimos, naquela vez de Otero. Mas no ano passado o time celeste deu o troco, ganhando por 1 a 0, em um clássico sem a presença de público no Mineirão em razão da pandemia.

1º tempo: Atlético domina, mas perde chances no início

Para o clássico, o técnico do Atlético, Turco Mohamed, ainda sem poder contar com o lesionado Zaracho, repetiu a formação que iniciou a disputa da Supercopa do Brasil, há duas semanas, o último compromisso em que o argentino usou os titulares. Já o Cruzeiro, sem os contundidos Giovanni e Waguininho, teve novidades na escalação: Pedro Castro, Fernando Canesin e, principalmente, os jovens Vitor Roque e Daniel, que disputaram a Copa São Paulo pelos juniores neste ano.

Com essas formações, chamou a atenção no início do clássico o domínio atleticano, quase sempre com jogadas pelo lado esquerdo do ataque e as falhas na saída de bola do Cruzeiro. A primeira chance da equipe alvinegra surgiu logo no minuto inicial, em finalização de Jair. E Hulk teve duas oportunidades antes do décimo minuto. Na primeira, após Rafael errar passe, driblou o goleiro, mas bateu para fora. Depois, parou no cruzeirense em uma bicicleta.

Ainda que o ritmo não tenha se mantido ao longo do primeiro tempo, o duelo parecia desigual, tanto que o Cruzeiro pouco acionava o seu artilheiro, Edu, enquanto Hulk era o jogador mais perigoso do clássico, voltando a dar trabalho a Rafael em disparo aos 24 minutos. Porém, o time celeste conseguiu conter o rival em um fim de etapa inicial com muitas discussões e empurrões entre os jogadores, o que rendeu a aplicação de quatro cartões amarelos.

2º tempo: Vitor Roque põe Cruzeiro na frente, mas Atlético vira

O equilíbrio do fim do primeiro tempo se repetiu no início da segunda etapa, com o Cruzeiro até se arriscando mais no ataque. O time, porém, sofreu uma baixa, após Edu se chocar com a cabeça com Everson, deixando o campo de ambulância. Do outro lado, com dificuldades ofensivas, o Atlético fez duas mudanças no ataque, apostando em Vargas e Ademir.

Mas quem marcou foi o Cruzeiro. Aos 24 minutos, em um rápido contra-ataque, Canesin acionou Bruno José na direita. Ele cruzou para Vitor Roque, que se antecipou a Everson e cabeceou para as redes: 1 a 0. Gol que premiou a sua boa atuação no primeiro clássico entre os profissionais, inclusive defensivamente, no auxílio à marcação a Guilherme Arana.

Foi a vez, então, de o Atlético se lançar completamente ao ataque. Por duas vezes Hulk esteve muito perto de empatar: aos 26, em cabeceio que parou no travessão, e aos 29, em cobrança de falta defendida por Rafael. E foi dele o gol de empate no Mineirão. Derrubado na grande área por Oliveira, cobrou pênalti com precisão, no canto direito, aos 39 minutos, empatando o clássico. O lance foi polêmico, pois o defensor parece acertar a bola antes de atingir o atacante, o que causou muita reclamação dos jogadores do Cruzeiro.

Após igualar o placar, o Atlético seguiu no ataque. Teve oportunidade clara com Ademir, nos acréscimos, após passe de Hulk, mas parou em Rafael. Só que o atacante não perdeu a segunda chance. Aos 51 minutos, Guilherme Arana recebeu na lateral esquerda e cruzou para Ademir, ex-América, completar de canhota para a esquerda, definindo a vitória atleticana por 2 a 1.

Caldense mais perto da semi

Também neste domingo, a Caldense ficou em situação confortável na briga para ir às semifinais após derrotar o Democrata por 1 a 0, no Ronaldão. O gol da vitória foi marcado por Mateus Müller, aos 38 minutos da etapa inicial, quando recebeu passe na grande área e acertou o chute após furar na primeira tentativa. Assim, a Caldense chegou aos 18 pontos, na quarta colocação, fechando o G4 e com quatro a mais do que o quinto colocado, o América. Já o time de Governador Valadares é o sétimo, com 11.

Pouso Alegre vence a primeira

Atuando fora de casa, o Pouso Alegre ganhou um respiro na briga contra o descenso ao derrotar o Patrocinense por 1 a 0, ganhando a primeira no Estadual. O gol que definiu o placar saiu no 2º minuto da etapa final. Em jogada rápida, João Marcos chutou, Jacsson fez a defesa, mas Dener empurrou o rebote para as redes. O Pouso Alegre segue na zona do rebaixamento, mas agora com 6 pontos, assim como o Uberlândia. E esquentou a briga contra a degola, pois Patrocinense e URT estão logo à frente, com 7.

Agenda e resultados

A nona rodada do Estadual teve outros três jogos no sábado (5): Athletic 4 x 0 URT, Tombense 0 x 0 Uberlândia e América 0 x 1 Villa Nova. E a 10ª das 11 da primeira fase do Campeonato Mineiro será disputada no próximo fim de semana. Os jogos do sábado (12) serão: Tombense x URT (16h), Democrata x Atlético (16h30) e Uberlândia x América (19h). No domingo (13), haverá mais três confrontos: Caldense x Athletic (11h), Villa Nova x Patrocinense (16h) e Cruzeiro x Pouso Alegre (17h30).

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e