Até 1,3 milhão de refugiados da Ucrânia permanecem na Polônia

O vice-presidente do Fundo de Desenvolvimento da Polônia, Bartosz Marczuk, anunciou nesta segunda-feira que dos 3,5 milhões de ucranianos que chegaram ao país desde o início da invasão russa, até 1,3 milhão permaneceram, sendo 95% mulheres e crianças.

De acordo com a autoridade polonesa, os números de refugiados atuais são “completamente diferentes” dos que vinham sendo divulgados até hoje. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e