Ataques virtuais na América Latina aumentaram 24% neste ano, diz estudo

Os ataques cibernéticos na América Latina aumentaram em 24% neste ano em comparação com os primeiros oito meses de 2020, de acordo com um relatório divulgado nesta terça-feira, que alerta para a crescente ameaça de programas maliciosos e de acesso remoto irregular.

O Panorama de Ameaças na América Latina 2021, conduzido pelo gigante russo da cibersegurança Kaspersky e apresentado em uma entrevista coletiva virtual, apontou que o rápido crescimento dos ataques se reflete em todos os países da região, com exceção da Costa Rica, onde o aumento foi discreto, de apenas 2%. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e