Ataque a igreja na Nigéria deixa 22 mortos e 50 feridos

Autoridades não deram nenhuma informação sobre a identidade dos agressores ou seus motivos

O ataque de domingo (5) à Igreja Católica São Francisco, na cidade nigeriana de Owo, matou 22 pessoas e feriu 50, informou hoje (7) um funcionário da Agência Nacional de Gerenciamento de Emergências.

Agressores desconhecidos atacaram a congregação, com armas e explosivos, durante a missa do Domingo de Pentecostes. As autoridades não tinham divulgado anteriormente nenhum número de vítimas. Segundo a mídia, mais de 50 pessoas morreram.

Não é incomum que números conflitantes de vítimas surjam após tragédias na Nigéria.

Autoridades não deram nenhuma informação sobre a identidade dos agressores ou seus motivos.

A polícia afirmou, nessa segunda-feira, que recolheu bombas não detonadas, bem como cápsulas de balas usadas em fuzis AK-47.

Eles disseram que alguns dos agressores se posicionaram entre os fiéis, enquanto outros dispararam contra a igreja de diferentes direções.

Dentro da igreja, manchas de sangue no chão e nas paredes, móveis quebrados, estilhaços de vidro e gesso, além de objetos pessoais abandonados, demonstravam a violência do ataque.

Os sobreviventes estavam sendo tratados no hospital por ferimentos de bala e por explosão, segundo os médicos. Reuters

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e