Atacante brasileira Gio Queiroz denuncia condutas abusivas no Barcelona

A atacante brasileira Gio Queiroz publicou nesta terça-feira uma carta nas redes sociais, em que denuncia condutas abusivas e pressão para que não defenda a seleção, feitas dentro do Barcelona, clube que detém seus direitos federativos e a emprestou para o Levante.

A jovem, de 18 anos, dirigiu o documento ao presidente ‘blaugrana’, Joan Laporta, e indica que foi vítima, por exemplo, de um confinamento ilegal. Segundo Gio, todos os detalhes, principais fundamentos e provas já tinham sido encaminhadas à cúpula do Barça, com os resultados pelas condutas sendo identificados. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e