Às vésperas de eleições, protestos cobram mais ajuda social na Argentina

Manifestantes de organizações sociais de esquerda que não apoiam o governo do presidente Alberto Fernández protestaram em massa nesta quinta-feira na Argentina para exigir trabalho genuíno, mais ajuda social e menos austeridade pública, um mês antes das eleições legislativas de 14 de novembro.

As organizações que compõem a coalizão Unidad Piquetera mobilizaram milhares de pessoas para bloquear sete acessos a Buenos Aires e para realizar ações em mais de 150 pontos do país. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e