AS 10 RAÇAS MAIS POPULARES DE CACHORROS PEQUENOS

Gosta de cachorros e quer conhecer as principais raças de cachorros pequenos? Preparamos uma análise para você

A disponibilidade espacial é um problema crescente, especialmente em grandes cidades. Daí que nem todo mundo pode ter um grande jardim com cachorros enormes. Mas isso não é um problema. Existem cães para todos os gostos e lugares. Pensando em quem procura companhia canina, mas tem pouco espaço para comportar mais um membro da família, elaboramos uma lista de 10 raças de cachorros anões que ficarão confortáveis em qualquer pequeno espaço.

O QUE É UMA RAÇA ANÃ?

Bom, existem cerca de cinco classificações de raças, sendo elas:

  • Toy ou miniatura;
  • Anã, também conhecido como pequena;
  • Médio ou padrão;
  • Grande;
  • Gigante.

A partir disso podemos ter uma noção de que quando falamos em uma raça anã, falamos em um cachorro de pequeno porte. No entanto, o que faz com que algumas raças sejam classificadas como anãs?

As raças são classificadas por peso e altura, e enquadradas em alguma das cinco categorias acima. Para uma raça de cachorros ser classificada como anã ou de pequeno porte, ela deve ter entre 25 a 40 centímetros até sua cernelha (região entre os ombros e a base do pescoço de quadrúpedes). Além disso, as raças de pequeno porte devem pesar entre 4 a 15 quilogramas.

LISTA DE RAÇAS ANÃS

1 – POODLE ANÃO

O Poodle anão tem sua origem na França e é um cachorro de pequeno porte que pode chegar de 25 a 35 centímetros e cerca de 6 a 10 quilogramas. A média de vida de um Poodle anão é de 12 a 14 anos, mas há relatos de animais que, com os devidos cuidados, conseguiram ultrapassar os 18 anos.

A respeito de seu comportamento, a raça é brincalhona e alegre, mas muito predisposta a ser ansiosa e estressada. Essas características comportamentais negativas podem se manifestar principalmente em animais da raça que passam muito tempo sozinhos, sobretudo em lugares mais apertados.

2 – PUG

O Pug é uma das raças anãs mais famosas e queridas do mundo. Dono de um corpo pequeno e arredondado, popular especialmente com as crianças, o Pug mede entre 25 a 30 cm e pode chegar a pesar até 10 kg. Um Pug tem uma expectativa de vida média, podendo variar entre 12 a 14 anos. No entanto, é uma raça que necessita de muitos cuidados, visto que, devido a sua caixa craniana, pode apresentar diversos problemas respiratórios. 

Esses pequenos são brincalhões e são uma ótima companhia para crianças um pouco mais velhas. Entretanto, assim como os Poodles, são propensos a ser mais ansiosos que outras raças. Outro ponto importante a ser observado por aqueles que pretendem ter um Pug é a sua dieta, uma vez que eles possuem a tendência a engordar e desenvolver obesidade. 

3 – WELSH CORGI CARDIGAN

Dono de um nome complicado mas de uma aparência adorável, o Welsh Corgi Cardigan, uma raça advinda do país de Gales, é uma ótima companhia para aqueles que preferem um cachorro menor. A sua altura não excede os 30 centímetros, no entanto, seu peso, por se tratar de um cachorro com uma estrutura física mais alongada, pode superar 10 kg. 

O Welsh Corgi Cardigan tende a ser uma raça mais ativa que as previamente citadas, assim como um pouco menos sociável com pessoas que não pertencem ao seu círculo social. Um ponto importante sobre esses cachorros é seu corpo alongado, que faz com que os donos tenham um atenção maior a exercícios físicos e obstáculos presentes na residência.

4 – WELSH CORGI PEMBROKE

Assim como o Welsh Corgi Cardigan, os Pembrokes também são alongados, belos, muito ativos, reservados e dificilmente excedem os 30 centímetros. Um ponto interessante sobre essa raça é o amor que a Rainha Elizabeth II nutre por eles. Em diversas fotos, e até mesmo brinquedos Funko, é possível ver a monarca junto de sua raça de cachorros favorita.

5 – SCHNAUZER MINIATURA

O Schnauzer miniatura é uma raça anã alemã de pelos densos e longos, e que pode chegar até 35 centímetros. Ele possui uma estrutura física maior que as variações de Welsh Corgi, entretanto, seu peso raramente ultrapassa os 10 kg. O temperamento é ativo e curioso, mas, assim como o Poodle e o Pug, tende a ser mais ansioso, o que pode torná-lo mais estressado e agressivo.

6 – SHIBA INU

Talvez uma das raças mais famosas atualmente devido ao meme Doge, o Shiba Inu é um cachorro japonês adorável de porte pequeno. Sua estatura varia entre 35 e 40 centímetros e seu peso pode ultrapassar os 10 kg, mas não muito, se for saudável. O “pequeno akita” é um cachorro com pelagem curta e bem resistente ao frio, o que pode ser problemático em climas mais quentes. Além disso, ele é protetor e brincalhão, mas não é recomendado para crianças muito pequenas, apenas para aquelas um pouco maiores.

7 – BORDER TERRIER

O “Terrier da fronteira”, conhecido assim pela raça ter sido desenvolvida entre a Inglaterra e Escócia, é um cachorro de porte pequeno que não chega a 40 centímetros de altura e nem ultrapassa os 10 kg. Sua personalidade é bastante ativa, mas dócil, o que o torna ideal para a companhia de crianças. Em razão disso, não é um cão muito independente, sendo considerado um “grudinho” por diversos donos.

8 – SHIH POO

Essa raça, oriunda do Shih Tzu e do Poodle, é de pequeno porte e dona de pelos curtos mas muito volumosos. O Shih Poo tem uma personalidade muito peculiar. Ele é alegre e agitado, mas também muito sensível a qualquer tipo de reação negativa. Outro ponto é que é uma raça muito apegada a seus donos, sempre lhes fazendo companhia e procurando carinho.

9 – CAVALIER KING CHARLES SPANIEL

O Cavalier King Charles tem sua origem no Reino Unido, e possui uma pelagem muito vistosa. Essa raça de pequeno porte é bem dócil e ativa, entretanto, tende a ser um pouco mais comportada em sua hora de bagunça, o que o torna perfeito para donos de primeira viagem, como já mencionamos. Sua expectativa de vida não é muito alta, podendo variar entre 10 a 12 anos

10 – DACHSHUND OU TECKEL

Por fim, escolhemos um bem conhecido dos brasileiros, o famoso “salsicha”. O salsicha é um cão de pequeno porte que, assim como os Welsh Corgi, possui um corpo mais alongado. Eles são dóceis, mas costumam ser barulhentos, pois latem bastante. Essa raça é muito leal e companheira de seus donos, e tende a ter uma expectativa de vida de cerca de 15 anos.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e