Aprovação do presidente do Chile cai para 14% em plena 2ª onda de contágios

A aprovação do presidente do Chile, Sebastián Piñera, caiu para 14% em pleno agravamento da segunda onda da pandemia de covid-19, o que representa a queda mais significativa dos últimos meses e o nível mais baixo desde dezembro de 2020, segundo revelou uma pesquisa nesta segunda-feira.

A pesquisa Plaza Pública Cadem indica uma queda de seis pontos percentuais em relação a março, acompanhada de uma queda na aprovação da gestão da crise da pandemia, que caiu 23 pontos percentuais nas últimas seis semanas, chegando a 35%. EFE

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e