Após caso de espionagem, ministra diz que governo espanhol reforçou controles

O governo da Espanha reforçou os controles dos telefones celulares e computadores de todos os seus membros em meio a um escândalo de espionagem envolvendo o software Pegasus a políticos do país, disse nessa quarta-feira, em Nova York, a ministra de Comércio, Indústria e Turismo, Reyes Maroto.

A política espanhola, que está nos Estados Unidos para participar, na ONU, de um debate temático de alto nível sobre “turismo sustentável e resiliente no coração de uma recuperação inclusiva”, foi questionada por jornalistas sobre como o chamado “escândalo Pegasus” pode afetar a estabilidade do governo. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e