Áñez vê indicação ao prêmio Sakharov como reconhecimento à luta por liberdade

A ex-presidente interina boliviana Jeanine Áñez agradeceu ao Parlamento Europeu nesta quinta-feira por ter sido indicada ao Prêmio Sakharov para a Liberdade de Pensamento 2021, o que considera ser um reconhecimento “daqueles que lutam pela liberdade” e pela “pacificação” da Bolívia.

“Para aqueles que lutam pela liberdade, democracia, pacificação da Bolívia, justiça e direitos de todos. Para aqueles que sofrem abusos e perseguições por exercerem a liberdade de consciência e o respeito pela vida. Obrigada”, escreveu o perfil de Áñez nas redes sociais, que é administrado por pessoas próximas. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e