Alemanha está pronta para ajudar a Ucrânia caso haja invasão russa, diz ministra

A Rússia tem cerca de 100 mil soldados na fronteira com a Ucrânia desde os últimos meses, enquanto as autoridades ucranianas já alertaram para um ataque russo

A Alemanha está pronta para ajudar a Ucrânia financeira e economicamente, disse a ministra das Relações Exteriores da Alemanha, Annalena Baerbock, nesta segunda-feira (24) em Bruxelas, enquanto a pressão internacional sobre Berlim aumenta para entregar armas a Kiev.

“Estamos ao lado da Ucrânia, no que diz respeito ao apoio financeiro e econômico”, disse Baerbock a repórteres antes de uma reunião com seus colegas da União Europeia.

Respondendo a uma pergunta sobre se cortar a Rússia do sistema global de mensagens SWIFT deveria ser uma opção para sanções, Baerbock repetiu sua posição de que o “pau mais duro” pode nem sempre ser a arma mais inteligente a ser usada no final do dia.

Entenda as tensões

As tensões entre a Ucrânia e a Rússia estão em seu ponto mais alto dos últimos anos, com uma tropa russa a postos próxima à fronteira entre as duas nações, levantando temores de que Moscou possa iniciar uma invasão nas próximas semanas ou meses.

A Rússia tem cerca de 100 mil soldados na fronteira com a Ucrânia desde os últimos meses, enquanto as autoridades ucranianas já alertaram para um ataque russo. O presidente Vladimir Putin, da Rússia, nega a intenção de atacar.

A Ucrânia foi invadida pela Rússia na década passada, quando Putin apoiou grupos separatistas na região da Crimeia, que foi anexada pela potência euroasiática depois da incursão. CNN

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e