Alberto Fernández defende Mercosul “unido” e em tratado conjunto com a China

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, defendeu nesta quinta-feira sua aposta em um Mercosul “unido”, diante dos problemas decorrentes da invasão russa na Ucrânia, e propôs a negociação de um acordo comercial conjunto com a China dentro do bloco, em referência às tentativas do Uruguai de avançar individualmente em um acordo com a nação asiática.

“Nesse cenário difícil, a única coisa que peço a todos nós é que não iludamos com a ideia de nos separarmos, que não nos iludamos com a ideia de buscar soluções individuais, que não me ilude a ideia de seguir com um projeto próprio que chegue até mim, porque tudo isso tem vida curta”, disse o presidente argentino durante seu discurso na plenária do LX Cúpula de Chefe de Estados do Mercosul e Estados Associados, que está sendo realizada presencialmente na cidade de Luque, no Paraguai. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e