Ações da Petrobras sobem 6% após governo estudar privatização

O governo manteria, no entanto, a chamada “golden share”, que o permitiria vetar determinadas operações da companhia e ainda apontar o presidente da empresa

As ações da Petrobras estiveram entre as maiores altas do dia na B3, a bolsa de valores brasileira, e encerraram o pregão com ganhos de mais de 6% depois de a CNN apurar que o governo tem em análise um plano para elaborar um projeto de lei que permita à União privatizar a companhia.

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) fecharam em alta de 6,84%, e as ordinárias (PETR3) subiram 6,13%.

Em um dia de forte desempenho, o Ibovespa teve valorização de 2,28%, e fechou aos 108.714 pontos.

De acordo com a reportagem, o presidente Jair Bolsonaro já discute com a cúpula do Congresso uma maneira de viabilizar a desestatização da petroleira, embora admita que seja um projeto de difícil implementação.

O plano em análise é elaborar um projeto de lei que permita à União começar a se desfazer das ações da companhia de forma a perder o controle.

O governo manteria, no entanto, a chamada “golden share”, que o permitiria vetar determinadas operações da companhia e ainda apontar o presidente da empresa.

Hoje, o governo federal tem o controle por meio de 50,5% das ações ordinárias, que são as ações com direito a voto.

Considerando o capital total da empresa (ações ordinárias e preferenciais), o grupo de controle é composto por ações do governo e do BNDES que juntos detém 36,75% dos papéis. CNN

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e