Acidente com ônibus de dupla sertaneja mata cantor Aleksandro

A dupla e a produção saíram de um show em Tijuca do Sul, no Paraná, e iam para São Pedro, no interior de São Paulo, para mais uma apresentação

O ônibus que levava a equipe da dupla sertaneja Conrado e Aleksandro perdeu o controle após um pneu estourar e no acidente seis pessoas morreram, incluindo o cantor Aleksandro, de 34 anos. O acidente aconteceu na Rodovia Régis Bittencourt, na altura de Miracatu, no interior de São Paulo. A dupla e a produção saíram de um show em Tijuca do Sul, no Paraná, e iam para São Pedro, no interior de São Paulo, para mais uma apresentação.

O ônibus, que tombou no canteiro central da rodovia, levava 19 pessoas. Fora as seis que morreram no local, duas não sofreram lesões e 11 foram levadas ao Pronto-Socorro de Registro (SP). Um dos feridos está em estado grave.

Segundo a Arteris, concessionária que administra o trecho, as duas faixas da pista no km 402, sentido Curitiba chegaram a ficar bloqueadas, mas já foram liberadas.

A dupla sertaneja  Conrado e Aleksandro foi formada em Dourados (MS) em 2003 por Luiz Aleksandro Talhari Correia (Aleksandro) e Conrado Bueno (Conrado). Em 2019, João Vitor Soares substituiu Conrado Bueno, mas a dupla permaneceu com o mesmo nome. Com essa formação, Conrado e Aleksandro gravaram a música Tereré e Narguilé, que tem mais de 1 milhão de visualizações no Youtube.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e