A diferença na colheita

Muitas organizações contam com pessoas que trabalham em grupo, onde cada um, ou mesmo cada área, se preocupa apenas com seus próprios interesses e objetivos, ninguém sabe direito o que o outro pensa porque as pessoas não se comunicam, falam de forma política, sem dizer o que realmente pensam. Num grupo, é cada um no seu “quadrado”, cada um por si, comprometendo assim, o resultado de todos. No grupo, o líder está distante das pessoas porque, em geral, julga estar acima delas.

Já o trabalho em equipe começa com objetivos comuns e metas coletivas que sejam conhecidas por todos, onde cada pessoa compreende o que os outros estão fazendo e tem consciência de sua importância para a conquista dos resultados. Numa equipe existe transparência, respeito e colaboração. Nela também existem conflitos, que são resolvidos por meio de diálogos construtivos, com a troca constante de feedbacks, que são dados de maneira transparente, construtiva e respeitosa, onde líderes e liderados dão e recebem feedback e até mesmo avançar para “feed-forward” ou prealimentação, num modelo de comunicação dialogal com o objetivo de tornarem-se melhores seres humanos e profissionais a cada dia.

Isso faz a diferença na colheita de resultados.

Por

* Cientista Social, Pesquisador e Consultor de Desenvolvimento Humano e Empresarial. Especilizações em Psicologia Social, Análise Transacional, Administração Mercadológica, Psicodrama e Dinâmica de Grupo. Autor de livro e de programas de treinamento comportamental, com reconhecimento científico a nível nacional.

Comentários estão fechados.